Bangalore (Índia).  Para celebrar o ‘ano Laudato Si’ e o Tempo da Criação, as Comunidades das Filhas de Maria Auxiliadora da Inspetoria Sagrado Coração de Jesus (INK) deram vida ao cultivo, envolvendo os membros das Comunidades Educativas.

A inspetora, Ir. Celine Jacob, convidou a praticar a “Ética do Suficiente” nas Comunidades,  com uma vida sóbria e de respeito ao ambiente, provendo, com os próprios meios, o necessário ao dia a dia comunitário e cuidando da criação.

Na Mensagem para o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação de 1º de setembro de 2020, o Papa Francisco reforça a urgência de redescobrir estilos de vida mais sustentáveis: “A atual pandemia nos levou, de alguma forma, a redescobrir estilos de vida mais simples e sustentáveis. A crise, em certo sentido, nos deu a oportunidade de desenvolver novas formas de viver. (…) A pandemia nos conduziu a uma encruzilhada.  Devemos aproveitar este momento decisivo para pôr fim a ações e finalidades supérfluas e destrutivas, e cultivar valores, conexões e projetos geradores”.

A escolha de caminhar para o cultivo e cuidado de diferentes tipos de plantas e hortaliças é ditada também pelo fato de ter sido o ano de 2020 declarado pela ONU Ano Internacional da Saúde das plantas (IYPH), com o objetivo de aumentar a consciência global sobre como a proteção da saúde vegetal pode ajudar a acabar com a fome, reduzir a pobreza, proteger o meio ambiente e  promover o desenvolvimento econômico.

As comunidades estão empenhadas em plantar árvores frutíferas e hortaliças, em manter limpos e a não poluir os ambientes e espaços externos de suas casas e escolas, com a colaboração de todos.

Na Comunidade Inspetorial Sagrado Coração de Jesus, cada FMA planejou suas atividades de trabalho para ter tempo de se dedicar ao cultivo das hortaliças. Todos os dias, juntos, leigos, Irmãs e colaboradores,  divididos em três grupos de trabalho, de acordo com as áreas destinadas ao cultivo, realizam uma hora de trabalho na horta.

As Irmãs idosas apoiam as atividades com oração e encorajamento: “tudo se relaciona; o cuidado autêntico com a própria vida e as relações com a natureza são inseparáveis da fraternidade, da justiça e da fidelidade nos confrontos com os outros (LS , 70).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.