Roma (Itália). No dia 24 de novembro de 2019, na Solenidade de Cristo Rei e Senhor do Universo, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida da Santa Sé instituiu o “Organismo consultivo internacional dos jovens” e, com um comunicado de imprensa, anunciou a nomeação, como membros por um triênio, de 20 jovens – 10 moças e 10 rapazes – vindos de diversas regiões do mundo e de alguns movimentos, associações e comunidades internacionais.

“O Documento Final do Sínodo de 2018 [no n° 123] pedia que fosse reforçada a atividade do Escritório Jovens do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, também através da constituição de um organismo de representatividade dos jovens em nível internacional”.

Por isto, no discernimento pós-sinodal, amadureceu a decisão de instituir o Organismo formado por “jovens que foram envolvidos em diversas fases do processo sinodal, como por exemplo o Fórum Internacional dos Joves que o Dicastério organizou no mês de junho passado, para promover a atuação da exortação apostólica Christus vivit”. O grupo, informa o Dicastério pontifício, “realizará uma importante função consultiva e propositiva, colaborando com o Dicastério para aprofundar as questões relativas à pastoral juvenil e  outros temas eventuais de interesse mais geral”.

Uma jovem austríaca representará o Movimento Juvenil Salesiano neste novo Organismo consultivo.

A primeira reunião deles está prevista para o mês de abril de 2020, em Roma.

Para aprofundar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.