Roma (Itália). No dia 23 de novembro de 2019 as junioristas da Visitadoria Maria Mãe da Igreja (RMC) reuniram-se na comunidade Casa Madre Ersília Canta para um dia de formação e de intercâmbio de experiências. Eram ao todo 18 junioristas, vindas de 5 das comunidades que constituem a Visitadoria.

Ir. Chiara Cazzuola, a Vigária Geral, dirigiu a reflexão sobre o tema: “FMA acompanhadas #acompanhadoras de qualidade” aprofundando a palavra acompanhamento através da Circular da Madre, nº 985, as fontes salesianas e o Documento final do Sínodo dos Bispos sobre os jovens. As junioristas redescobriram o acompanhamento como uma presença constante de proximidade, de escuta, de ternura e de disponibilidade para viverem juntas. Cada comunidade é, de fato, chamada a assumir, na relação educacional, uma pedagogia evangélica da sequela Christi e da transmissão do carisma. Dom Bosco e Maria Domingas Mazzarello souberam acompanhar as pessoas porque tinham feito própria a espiritualidade de São Francisco de Sales, guia experiente na santidade do cotidiano. O acompanhamento, portanto, tem suas origens em nossas raízes carismáticas e as FMA são, pois, chamadas para acompanhar os outros. Todavia, para serem capazes de realizar esta ação de acompanhamento, é preciso antes de tudo fazer a experiência de serem acompanhadas.

Depois da exposição de Ir. Chiara Cazzuola, as junioristas do Auxilium que participaram do Capítulo da Visitadoria RMC e as junioristas italianas nas Inspetorias a que pertencem, compartilharam sua rica experiência, valorizando o clima de profundo discernimento espiritual e de comunhão fraterna.

Estes encontros são, para as jovens em formação, oportunidades de crescimento humano, cristão e salesiano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.