Guadalajara, Jalisco (México). Na Casa de Retiro Quinta São José, Las Pintas, Guadalajara, Jalisco, no México, de 17 a 21 de fevereiro de 2020, os Representantes das Escolas Salesianas dos Estados Unidos, do México, da Amérida Central e das Antilhas se encontraram para continuar o trabalho em Rede como apoio a cada uma das Comunidades Educativas e Pastorais.

Os 20 participantes pertencentes aos grupos da Família Salesiana SDB – FMA – DHS (Filhas do Divino Salvador) – Leigos e Responsáveis pela Educação, das Redes Educativas NEAR, ENES, ECANES, SUO, SUE, HAITI favorecem a convergência e a animação dos processos da Escola Salesiana para a Região.

Os Coordenadores da Região CIMAC (Conferência Interinspetorial do México, Antilhas e América Central) Ir. Altagrâce Mathias, FMA da Inspetoria N.Sra.do Perpétuo Socorro (HAI) e da MESOAMÉRICA, Pe. Carlos Montoya (SDB) orientam o trabalho cuja finalidade é:

-Compartilhar as questões e as boas práticas sobre a Educação com referência aos quatro Eixos da ESA IV.

– Verificar o estado de avançamento dos quatro eixos da ESA IV nas Inspetorias da Região MESOAMÉRICA e das Conferências Interinspetoriais CIMAC-NAC.

O grupo preparou o encontro a partir de algumas perguntas;

1.Quais atividades de acompanhamento se realizam nos Centros Educativos Pastoral (CEP) da/das Região/Conferência?

  1. O que se considera necessário para otimizar ou melhorar as estratégias implementadas?
  2. Em 10 palavras, como reassumir o acompanhamento salesiano? (Seja de Dom Bosco como de Madre Mazzarello).

Os temas de formação do encontro:

-“Acompanhar os estudantes e as Comunidades Educativas Pastorais” – Edgar Lomeli e Nancy Palacios (ITESO).

-“Processo de formação para as Comunidades Educativas Pastorais em campo ecológico” – Ivone Goulart Lopes.

-“Modelo de gestão integral (institucional, inspetorial, redes)” – P. Juan Carlos Quirarte (SDB).

-“Educação 4.0” – Carlos Zepeda Chehaibar ( EDUCARE).

Padre Fabbio Attard, Conselheiro da Pastoral Juvenil SDB enviou um vídeo mensagem no qual destaca a importância de saber conjugar o caminho da Escola Salesiana na Améria (ESA) com a experiência dos Capítulos Gerais SDB e FMA, ampliando o olhar, ouvindo a voz do Espírito que fala através dos jovens e colocando-se em atitude de formação conjunta e contínua.

Ir. Runita Borja, Conselheira para a Pastoral Juvenil, exortou a “enfrentar a questão com uma visão integral e holística” a partir de alguns pontos: 1) como criar um ambiente que promova o cuidado e a proteção da casa comum; 2) como acompanhar os jovens, encorajar sua criatividade na realização de projetos sobre o tema da casa comum, com uma perspectiva social inclusiva. Nas Escolas Salesianas e em outros ambientes educacionais das FMA estão acontecendo diversos projetos “juntos, podemos”. Esta é uma experiência educativa integral que envolve a cabeça, o coração e as mãos. O cuidado da casa comum e a educação aos relacionamentos encontram um espaço significativo na continuidade da educação formal”.

Ir.Ivone Goulart Lopes, Colaboradora do Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA e Padre René Antonio Santos, do Dicatério da Pastoral Juvenil SDB, apresentaram os processos da Escola Salesiana no período de 2017-2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.