Roma (Itália).  Vinde e vede (Jo 1, 46).  Comunicar encontrando as pessoas como e onde estão.  Este é o tema do 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais, que se celebra em maio de 2021.

O Papa Francisco escolheu as palavras do Apóstolo Filipe para nos lembrar que ao conhecer a vida dos outros, ao participar dela, entendemos o sentido das coisas.

Num tempo de pandemia, com o distanciamento imposto pelo lockdown, “na mudança de época que vivemos”, comunicar “possibilita a proximidade necessária para reconhecer o essencial e compreender verdadeiramente o sentido das coisas”.

As palavras “vinde e vede”, dirigidas por Jesus a Natanael lembram-nos que “o anúncio cristão, antes de qualquer palavra, é feito de olhares, testemunhos, experiências, encontros, proximidade. Em uma palavra, de vida”.  Uma vida que se entrelaça com a verdade, que nasce do encontro com as pessoas, participando das alegrias e dores que cada um vive.

Deus te encontra onde estás é um guia para aqueles que estão comprometidos a informar, a tecer redes de comunicação e a contar Boas novas. Na chamada dos primeiros discípulos, quando Jesus vai ao seu encontro e os chama a segui-lo, existe um convite para o hoje, para utilizarmos ferramentas e meios diversos, para chegar às pessoas como são e onde vivem.

Vinde e vede.  É a experiência de quem encontrou o Senhor que suscita muitas outras experiências fascinantes. Cria-se, assim, uma corrente de testemunhos corajosos que, elo após elo, conduzem diretamente à pessoa do Senhor.  A partir desta convicção, pode-se ser anunciadores de Jesus, contando a experiência de acolher cada irmã, irmão, jovem, migrante e pobre ali mesmo onde estão, com suas histórias, seus desejos de paz e de esperança.

É um modelo comunicativo verdadeiramente belo e salesiano, que permite acolher os jovens assim como são, encontrar neles aquela semente de bem a partir de onde estão e, assim, conduzi-los a Cristo.

O convite do Papa Francisco é claro: «Devemos ser promotores de uma comunicação que não julga (como) e que saiba respeitar o caminho de cada pessoa e acolhê-la ali mesmo (onde) está», como semeadores de esperança para um mundo de  paz e de amor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.