Bangkok (Tailândia). No dia 17 de junho de 2021, a Família Salesiana da Tailândia se reuniu na sede da Inspetoria São Paulo dos Salesianos de Dom Bosco (THA) para preparar pacotes de gêneros alimenticios para doar às aldeias afetadas por Covid-19 e aos migrantes de Mianmar.

Ainda são numerosos, na Tailândia, os contágios por Covid-19. Em muitas Províncias, há pessoas que contraem o vírus nas grandes fábricas, que se espalham nas aldeias vizinhas. Além disso, devido à instabilidade política em Mianmar, alguns cidadãos birmaneses, especialmente das áreas de fronteira, procuram refúgio na Tailândia.

O Vigário Inspetorial, Pe. Aaron Alcoseba, com alguns SDB, Filhas de Maria Auxiliadora da Inspetoria Santa Maria Mazzarello (THA), Salesianos Cooperadores (ASSCC), membros da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA), Irmãs Servas do Imaculado Coração de Maria (SIHM), Filhas da Realeza de Maria (DQM), Irmãs da Realeza de Maria (SQM) e Ex-Alunas/os de Dom Bosco, uniram esforços para levar alívio à população.

Foram preparados 500 pacotes com arroz e vários gêneros alimentícios de longa conservação para os habitantes das vilas no distrito de Khao Yoi, Província de Phetchaburi e no distrito de Ban Pong, Província de Ratchaburi e 100 pacotes para migrantes de Mianmar que vivem ao longo da fronteira, na Província de Kanchanaburi.

A iniciativa foi promovida e coordenada pelo Ofício de Planejamento e Desenvolvimento (PDO) da Inspetoria SDB, no âmbito do projeto “Estamos todos no mesmo barco”. Um agradecimento foi feito ao Pe. Sarawin Phatsrirueang, Vice-diretor do Centro de Desenvolvimento Social da Diocese de Ratchaburi, por disponibilizar alimentos para serem distribuídos às pessoas afetadas pela Covid-19, e ao Sr. Surasit Jit-uthat, do Office Catholic para o Socorro de Emergência e os Refugiados (COERR) em Kanchanaburi, por haver distribuído os pacotes aos migrantes de Mianmar.

Como as áreas afetadas pela pandemia Covid-19 estão fechadas e a de migrantes é difícil de alcançar, os membros da Família Salesiana expressaram gratidão ao ‘Centro Diocesano de Ação Social’ de Ratchaburi (DISAC) e ao COERR em Kanchanaburi por ter agido como pontes ao levar pacotes de alimentos para pessoas em dificuldades.

A Família Salesiana da Tailândia acolheu o apelo do Papa Francisco de 27 de março de 2020: “Neste barco … estamos todos. (…) O Senhor nos interpela e, em meio à nossa tempestade, nos convida a despertar e ativar a solidariedade e a esperança capazes de dar solidez, apoio e sentido a estas horas em que tudo parece destruído”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.