Roma (Itália) – Realizou-se em Roma, na Sede Central Salesiana “Sagrado Coração” , a apresentação à Imprensa do Don Bosco Global Youth Film Festival, o concurso cinematográfico que reuniu mais de 1.600 filmes de 116 nações de todo o mundo e que se concluirá em Turim-Valdocco nos dias 18 e 19 de novembro de 2021.

Presentes jornalistas e personalidades do mundo da comunicação, falaram o Reitor-Mor dos Salesianos de Dom Bosco Dom Ángel Fernández Artime, o Conselheiro Geral da Comunicação Social, Pe. Gildásio Mendes e Pe. Harris Pakkam, Diretor do Festival DBGYFF.

Do Âmbito da Comunicação Social do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora participou a Irmã Gabriella Imperatore.

Deu as boas-vindas aos jornalistas o Co-porta-voz da Congregação Salesiana, Pe. José Costa, que fez uma breve ilustração do programa e deu a palavra ao Pe. Gildásio Mendes, que expressou “alegria por este evento significativo para os jovens e para todos aqueles que rodaram o seu filme”.  O cinema é uma linguagem comunicativa e “um meio concreto para unir e envolver os jovens de todo o mundo, com a colaboração dos delegados de Comunicação Social e as suas equipes”. O Festival, querido pelo Reitor-Mor e promovido com um apelo a toda Congregação Salesiana, tem como objetivo “promover o protagonismo dos jovens, fazer escutar e difundir em todos os continentes a voz dos jovens. Este festival foi inspirado na mensagem da Estreia de 2021, que teve como tema Movidos pela esperança e caminha com a visão do Papa Francisco, que muitas vezes disse: Jovens, tornai-vos artesãos do futuro, sede capazes de sonhar, envolvam-se concentrando-se nos grandes ideais.  Cada um dos filmes que chegaram é um hino de esperança por uma vida e um futuro melhor.  Graças a vós, jornalistas, pelo trabalho que estais desenvolvendo, mesmo neste período difícil: queremos convidar-vos a ser embaixadores da esperança junto a nós e aos nossos jovens de todo o mundo salesiano”.

Amplo espaço foi concedido à apresentação de alguns dos trabalhos recebidos www.dbgyff.it. A canção de “Chariet”, nome artístico da jovem Caridade, e a coreografia dos jovens do campo de refugiados de Palabek, em Uganda, com que foi realizado o video musical “Moved by Hope” é um verdadeiro hino à alegria; O comovente curta-metragem francês “Mister Pipou” sobre a solidão em que tantos jovens caíram durante o lockdown; “Listen”, produzido pelos jovens da Inspetoria de Índia-Panjim, que reproduziu em imagens e música a passagem do desespero total à alegria compartilhada, que nasce de um pequeno gesto da Providência.

Pe. Harris Pakkam, Diretor do Festival, ilustrou o longo caminho percorrido para levar adiante o Projeto com os jovens de todo o mundo: desde a sua concepção, em dezembro de 2020, em pleno lockdown,  até hoje, com a participação de milhares de adolescentes de 116 países e com o envolvimento de mais de 100 jurados no Júri Preliminar e 10 personalidades do mundo do cinema e da cultura no Grande Júri.  «Éramos uma pequena equipe, mas soubemos sonhar, com os jovens e para os jovens. Foi uma obra de Deus», disse o Pe. Harris.

O Reitor-mor explicou o sentido e a finalidade do DBGYFF. Dar a palavra aos jovens para que pudessem expressar-se, para que perante os dramas gerados pela Covid-19 pudessem ter a ocasião de dizer a eles, de difundir a sua voz. Muitas vezes nós, adultos, dizemos aos jovens o que consideramos importante e como devem viver. Não, os jovens têm capacidade de pensar e sabem como se expressar”, disse Dom Á.F. Artime.  “Cremos que teremos muito em que refletir, sobre o que nos disseram os jovens, creio verdadeiramente”. E acrescenta: “Nós chegamos aos jovens como enamorados por Deus para ajudá-los a fazer um caminho na vida. «Trabalhamos sobretudo em nações onde a fé cristã é minoria e ali se deve fazer missão em nome de Deus. Dom Bosco acreditou nos jovens e penso que o mundo de hoje deve acreditar sempre mais no seu valor».

Depois de uma sessão aberta para as perguntas, na qual foi sugerida a ideia de promover uma escola salesiana mundial de cinematografia para cultivar os talentos surgidos neste festival, o Sr. Alberto Rodriguez, Presidente da Fundação DON BOSCO NEL MONDO, ofereceu um agradecimento conclusivo a todos os presentes.

A Conferência de Imprensa, transmitida ao vivo, com a colaboração do IME COMUNICAÇÃO está disponível na página do Facebook di ANS e no Site da DBGYFFIT.

O “Don Bosco Global Youth Film Festival” (DBGYFF) é um projeto único no gênero que visa envolver os jovens de todos os países e latitudes na elaboração de curta-metragens  sobre o tema da esperança, hoje mais do que nunca necessária num mundo marcado pela pandemia, por guerras e calamidades naturais. É um festival inteiramente digital, com os jovens e os júris que puderam realizar cada fase do trabalho através da plataforma www.dbgyff.com.

Mais de 1.600 foram os vídeos de todo o mundo, participantes nas cinco categorias predispostas (curtas de ação de até 1 minuto e de 1 a 10 minutos, vídeo de animação até 1 minuto e de 1 a 10 minutos, vídeos musicais entre os 5 minutos). Nos dias 18 e 19 de novembro acontecerão as cerimônias de apresentação dos curtas finalistas e a premiação dos vencedores em centenas de lugares diversos, em todos os fusos horários.

Para a Itália o evento central terá lugar em Turim, a cidade de Dom Bosco, na sexta-feira, 19 de novembro, das 18h00 às 19h30, e será transmitido ao vivo na página do Facebook di ANS e no Site DBGYFFIT.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.