Roma (Itália).  No dia 27 de abril de 2020 ocorre o 12° aniversário do nascimento para o céu da  Serva de Deus irmã Antonietta Böhm, Filha de Maria Auxiliadora. Nascida a 22 de setembro de 1907 em Bottrop (Alemanha), uma cidade no norte entre a Renânia e Vestfália, Antonietta conheceu as FMA em Essen-Borbeck e imediatamente manifestou o seu desejo de vir a ser missionária.

Foi aceite no Instituto das FMA a 19 de janeiro de 1926 e fez o noviciado em Nizza Monferrato (Asti). A 5 de agosto de 1928, a irmã Antonietta fez sua primeira profissão. No dia da Profissão Perpétua, a 5 de agosto de 1934, recebeu a notícia de que havia sido escolhida como missionária para a Patagónia (Argentina). Após as bênçãos do Papa em Roma, partiu para a América Latina, onde viveu por mais de 68 anos, primeiro na Argentina (1934-1965), depois no Peru (1965-1969) e no México (1969-2008), onde foi professora de música, enfermeira, vigária, diretora e provincial. Viveu os seus últimos 30 anos de vida na comunidade “Villa Spem” de Coacalco, onde foi vigária e diretora.

A Irmã Antonietta é recordada por sua bondade materna, seu rosto sorridente e uma missão particular ligada a uma estatueta de Maria Auxiliadora, que recebeu em 1973 da irmã Ersilia Crugnola, missionária italiana que havia sido a animadora da Província do México (1941-1959), com a recomendação de a “fazer trabalhar”. Com esta estatueta, ela abençoava sobretudo os doentes e as pessoas que se entregavam à sua intercessão e muitos experimentavam a extraordinária eficácia dessa bênção.

Em seu apostolado ocupava-se também da orientação espiritual e do acompanhamento dos mais pobres, sobretudo crianças e jovens. Em 1985, deu início à “Obra Sabatina”, um serviço de distribuição de alimentos aos pobres que ela assumiu, pessoalmente, até 2000.

A Irmã Antonietta Böhm faleceu a 27 de abril de 2008, aos 100 anos. Em 2016, abriu-se o processo sobre a vida e virtudes que a levaram a tornar-se Serva de Deus. A 7 de maio de 2017, com a Celebração Eucarística Solene na Catedral da cidade de Cautitlán (México), abriu-se a fase diocesana do Processo de Beatificação e Canonização da Irmã Antonietta Böhm.

Na ocorrência do 12° aniversário da sua morte, as Filhas de Maria Auxiliadora da Província  mexicana  Nossa Senhora de Guadalupe (MME), realizaram um video comemorativo, onde confiam à intercessão da Serva de Deus o pedido de libertar a humanidade da pandemia de Covid-19.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.