Roma (Itália). O Centro Nacional do Apostolado haitiano nomeou a irmã Martha Séide, Filha de Maria Auxiliadora – FMA, como a Irmã do Ano 2020 e Pe. William Smarth como o Padre do Ano 2020.

O Centro Nacional do Apostolado do Haiti (NCHA) agradece o ministério realizado na Igreja e na sociedade pelos religiosos haitianos. O NCHA está sediado em Nova York e, entre as iniciativas que promove, tem a tradição de nomear dois haitianos todos os anos, como reconhecimento do talento, incentivo e gratidão pela missão educativa realizada.

A Irmã Martha Séide, do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora – Salesianas de Dom Bosco, foi escolhida entre as haitianas no exterior, Religiosos do Ano 2020. A religiosa haitiana vive em Roma e tem 34 anos de vida religiosa. Obteve a Licenciatura em Teologia Católica na Faculdade de Teologia Católica da Universidade Marc Bloch de Estrasburgo, na França – 2001; o Doutoramento em Ciências da Educação, com especialização em Metodologia Pedagógica na Faculdade de Ciências da Educação da Universidade Pontifícia Salesiana (UPS) – Roma, 1996 e a Licenciatura em Ciências da Educação, com especialização em Pedagogia na Faculdade Pontifícia de Ciências da Educação «Auxilium» – Roma. Ele é Docente na Faculdade de Educação Auxilium em Roma e Porto Príncipe, Haiti.

Mons.Guy Sansaricq, Bispo emérito da diocese de Brooklyn, quis expressar gratidão à irmã Martha Séide, escolhida como irmã do Ano 2020, pelo Centro Nacional do Apostolado do Haiti, com estas palavras:

«Estamos felizes por honrá-la no Centro Nacional do Apostolado haitiano no exterior. O seu trabalho educativo é precioso no coração de uma Faculdade de prestígio, como o «Auxilium», que promove a formação para jovens e Religiosas/os de todo o mundo. Que o Senhor continue a iluminá-la, para que possa ajudar os estudantes dos cinco continentes do mundo a crescer no conhecimento da personalidade, para educar segundo o desígnio de Deus, transmitindo os valores universais. Confiamo-la à misericórdia de Deus amoroso, para que o exercício da sua missão contribua para o desenvolvimento humano e espiritual dos jovens».

O Centro Nacional do Apostolado do Haiti (NCHA) foi fundado nos anos seguintes à década de 1970 pelo Bispo Guy Sansaricq e outros sacerdotes haitianos que prestavam serviço nos Estados Unidos. Em outubro de 1988, foi oficialmente afiliado ao Gabinete da Pastoral para Migrantes e Refugiados da Conferência Episcopal dos Estados Unidos e incorporado em Albany, Nova York, como organização sem fins lucrativos. A sua missão é atender às necessidades espirituais de uma comunidade católica americana haitiana em crescimento e garantir a sua integração regular e gradual na Igreja americana. Existem, aproximadamente, 1.500.000 haitianos nos Estados Unidos, principalmente imigrantes recentes. Mais de dois terços desse número são católicos, facto que indica que os haitianos são o maior grupo de imigrantes católicos.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.