Chiúre (Moçambique).  No dia 5 de dezembro de 2020, um grupo de jovens da Fazenda da Esperança, que chegaram há alguns meses a Santa Isabel di Chiúre para iniciar uma experiência missionária, envolveu adultos, jovens da comunidade paroquial e as Filhas de Maria Auxiliadora da Comunidade de Santa Maria Domingas  Mazzarello di Chiúre num caminho, com espírito de peregrinação, escalando o Monte Kuphe.

No horizonte do tempo litúrgico do Advento e no coração da novena da Imaculada, os próprios jovens guiaram toda a experiência de reflexão e oração.  Quando chegaram ao topo, animaram o rosário e orientaram a meditação da Palavra de Deus, alternando cantos e favorecendo a interiorização e a partilha de experiências pessoais.

Algo novo está nascendo: o voluntariado juvenil.  A experiência despertou nos jovens a beleza e a alegria de se doarem, de partilhar seu tempo e, com criatividade, aproximarem-se dos mais vulneráveis, aliviando o sofrimento de crianças, mulheres e jovens obrigados a fugir das suas terras de origem.  Assim, consolida-se a consciência de unir esforços, colocando em comum diferentes perspectivas para sustentar a esperança.

A missão Chiúre tornou-se uma grande tenda que acolhe quem chega de diversas procedências para que todos se sintam irmãos.  “Sonhamos como uma única humanidade, como viajantes feitos da mesma carne humana, como filhos desta mesma terra que nos acolhe a todos, cada um com a riqueza da sua fé ou das suas convicções, cada um com a sua voz, todos irmãos!”  (Papa Francisco, Fratelli tutti nº 8).

Neste tempo de Natal, com o desejo de levar a todos uma mensagem de paz e esperança, iniciou-se a preparação de momentos de oração e partilha de bens nos diversos centros de acolhida que a Comunidade das FMA acompanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.