Quito (Equador). No dia 25 de junho de 2024 a Inspetoria Sagrado Coração (ECU) das Filhas de Maria Auxiliadora do Equador lançou oficialmente o novo site web: www.salesianasecuador.org

O evento aconteceu na Casa de Espiritualidade e Congressos Maria Auxiliadora de Quito Cumbayá, com a presença da Inspetora, Irmã Maria Piña Cruz, da Equipe da Comunicação e das Irmãs do terceiro grupo de Exercícios Espirituais.

O lançamento aconteceu online, com a participação de vários representantes das Comunidades Educativas das FMA e seguidores das redes sociais da Inspetoria.

“Nossos fundadores nos ensinaram que a comunicação autêntica é uma ponte que nos coloca em sintonia com a vida de nossos irmãos e irmãs, une corações e mentes, promovendo a cultura do encontro, onde, habitar a rede, a partir da nossa opção carismática, como educadores, nos torna colaboradores de Deus e com ele geradores de vida”, são as palavras da Inspetora em sua mensagem durante a transmissão online.

O novo site web foi projetado com cuidado para ser um instrumento eficaz para favorecer o conhecimento e a difusão da vida, das obras e das iniciativas da Inspetoria Sagrado Coração.

De fato, é concebido como um espaço dinâmico, onde as Filhas de Maria Auxiliadora e os colaboradores podem acessar informações atualizadas sobre a presença do Instituto das FMA no País e encontrar recursos preciosos para as Comunidades Educativas, os membros da Família Salesiana e outras entidades interessadas. Além disso, servirá de ponte com outros sites de interesse eclesial em nível global, continental e nacional.

Com este lançamento, a Inspetoria Sagrado Coração, através da Comunicação Social, reafirma o compromisso de responder aos desafios do mundo contemporâneo, utilizando as mídias digitais para comunicar a Boa Nova aos jovens, sobretudo cuidando da dimensão comunicativa que abraça as relações fraternas, carismáticas e apostólicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.