Roma (Itália). O apelo do Papa Francisco para a Jornada de oração e jejum pela Paz, convocada para o dia 23 de fevereiro de 2018.

São pelo menos 36 países que hoje estão diretamente envolvidos em guerras e conflitos armados: entre estes, a República Democrática do Congo e o Sudão do Sul, para os quais o Papa Francisco quis dedicar este dia de oração e jejum. Guido Barbera, presidente do VIDES Internacional declarou: “Cada um de nós pode e deve fazer algo pela paz”.

Por isso, o VIDES Internacional, com as 50 associações que o integram, adere à jornada de jejum pela busca da Paz no mundo, convocada para amanhã, sexta feira, 23 de fevereiro, pelo Papa Francisco. É um convite que acolhemos e repropomos a todas as pessoas e às nossas associações.

“O que posso fazer pela paz? Sem dúvida podemos rezar; mas não só: cada um pode dizer concretamente “não” à violência, no que depende dele ou dela. Porque as vitórias alcançadas com a violência são falsas vitórias! Enquanto que trabalhar pela paz faz bem a todos!” assim diz o Papa Francisco, que convida “também os irmãos e irmãs não católicos e não cristãos para se associarem a esta iniciativa, nas modalidades que considerarem mais oportunas”.

“Chegou o tempo de escolhas claras e concretas, também e especialmente em nível político. Precisamos saber dizer claramente que as despesas militares não servem para garantir a convivência e a Paz, mas somente para satisfazer os interesses econômicos e de poder! Com as armas alimentamos divisões, conflitos e morte, não salvamos e não protegemos a vida! Aumentando a disponibilidade e a facilidade de acesso às armas, aumentamos a violência e as guerras. Somente eliminando as armas podemos retornar à Paz e à convivência social. Na escola não adianta dar uma pistola ao professor para garantir a segurança dos meninos. É muito melhor permitir aos professores oferecer uma educação para a cidadania global e para a paz! Por isso, juntos, devemos dizer BASTA às armas. Devemos pedir a cada governo uma diminuição drástica das despesas militares. Isto é o que pedimos e queremos”.

Por estes motivos o Vides Internacional convida todos a se unirem, no próximo 23 de fevereiro, à Jornada promovida pelo Papa Francisco, através do jejum, do empenho, da oração, ou de uma meditação laical pela paz. Participando desta Jornada, fazemos também o primeiro passo rumo à Marcha Perugia-Assis pela paz e pela fraternidade, de 7 de outubro de 2018. Uma marcha da nãoviolência que deve nos ajudar a vencer a indiferença e a resignação e aumentar o nosso compromisso pessoal e coletivo.

(Fonte: Vides)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.