Roma (Itália). O Conselho Geral do Instituto FMA, durante o Plenum,  envia uma mensagem coral a todas as Filhas de Maria Auxiliadora, através da qual exprime proximidade “num tempo marcado por desafios, oportunidades inéditas e de tanta esperança”. Na dura prova da pandemia, o Instituto procura perceber a presença e a ação de Deus que, com amor infinito de Pai, não abandona e chama “a renovar a confiança e a esperança n’Ele e na grande família humana”.

As numerosas ações de solidariedade realizadas pelas Comunidades Educativas para responder à emergência sanitária, social e educativa da pandemia e o empenho de levar em frente a missão evangelizadora com novas modalidades  criativas e participativas, são sementes de esperança e uma modalidade inédita de viver a entrega A ti as confio que marca o segundo ano de preparação para o 150º aniversário da fundação do Instituto.

Numerosos são os brotos de vida nova, “que desabrocham no Instituto, como os novos botões dos ramos das árvores”: a unificação das três Conferências da Europa e Oriente Médio na Conferência Interinspetorial Oriente Médio-Europa (CIME); a reconfiguração da Conferência Interinspetorial do Brasil com o início de três novas Inspetorias; a celebração das profissões religiosas e a entrada das jovens no noviciado em janeiro, sinal de esperança para o presente e o futuro do carisma; a entrega do Crucifixo a oito neo-missionárias; os acontecimentos da Família Salesiana e da Igreja nos últimos meses.

O trabalho da Madre e do Conselho geral continua dentro de um caminho fortemente marcado pelo discernimento. A forma online também permitiu às Conselheiras chegar às Comunidades e às Irmãs das Inspetorias para orientar o discernimento em vista da nomeação das novas Inspetoras.

Com a mesma modalidade, foram continuados os encontros para aprofundar o tema do CG XXIV, à luz da realidade determinada pela Covid-19, e foi possível realizar a formação das Neo-Inspetoras, com responsabilidade e sentido de pertença a uma grande Família.

A Circular conclui com um chamado à figura de São José, patrono do Instituto e “ícone da ternura, do cuidado, da escuta, da obediência, do acolhimento, da coragem criativa e protetora nos tempos difíceis da história” , a quem o Papa Francisco, por meio da Carta Apostólica “Patris corde”, decidiu dedicar este ano. Além disso, em 19 de março de 2021, Solenidade de São José, terá início o Ano da Família, que se encerrará em 26 de junho de 2022, por ocasião do X Encontro Mundial das Famílias.

Do ponto de vista carismático, São José é uma presença ativa desde as origens da história do Instituto, por isso a Madre e o Conselho Geral convidam a aprofundar a história e as fontes biográficas em que é citado e propõe a oração popular que, segundo a tradição, também Madre Mazzarello e as primeiras FMA teriam dirigido com confiança ao Santo protetor.

O último desejo é “um laborioso caminho quaresmal, acompanhado pelo Senhor Jesus, que nos ama e continua a dar a sua vida por nós e pelo mundo”, com o apoio de Maria Auxiliadora “no compromisso de difundir a esperança, sobretudo entre as/os jovens e as pessoas que o Senhor nos confia”.

Circular n° 1005

1 COMENTÁRIO

  1. Gracias a todas las Hermanas del Consejo General y de manera particular por el trabajo y animación continua de Madre Yvonne. Sentimos sus palabras y ahora la de todas Ustedes como esperanza en tantos momentos de dificultad e incertidumbre. Acabamos de tener la segunda presentación sobre el coloquio de parte de Sor Nieves. Ha sido muy fructífero y nos da la confianza de coger nuevos derroteros en la vivencia del carisma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.