Mornese (Itália) Em 5 de agosto de 2020, no Santuário de Santa Maria Domingas Mazzarello em Mornese (AL), nove Filhas de Maria Auxiliadora da Visitadoria Maria Mãe da Igreja (RMC), de diversas partes do mundo, fizeram a Profissão Perpétua  nas mãos da Madre Geral, irmã Yvonne Reungoat.

As nove FMA professaram no final dos Exercícios Espirituais em Mornese, na significativa data do 148º aniversário do nascimento do Instituto das FMA, no início oficial do segundo ano em preparação ao  150° aniversário de Fundação (1872-2022).

A solene Celebração, com a presença da Superiora da Visitadoria, Irmã Maria del Carmen Canales Calzadilla e uma representação de todas as Comunidades  RMC, foi presidida pelo Reitor-Mor dos Salesianos de Dom Bosco, P. Ángel Fernández Artime, que recordou: “Um dia, como hoje, em 1872, com a presença do Bispo, Dom Bosco veio dar início  à primeira Comunidade, aquela semente que hoje é o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. Hoje, vocês recebem essa luz que, por  graça de Deus, expressa que o Carisma Salesiano, vivido na fidelidade, é um dom precioso para a Igreja, para as meninas, para os jovens do mundo”.

Prostrazione Professioni Perpetue RMC a Mornese

A Profissão Perpétua é um ato público e eclesial, uma consagração definitiva que compromete as FMA à doação total de si   a Deus, amado acima de tudo, no alegre serviço aos jovens e às jovens, segundo  o  espírito do Sistema Preventivo de São João Bosco e de  Santa Maria Domingas Mazzarello.

A celebração caracterizou-se por gestos e danças, expressão da multiculturalidade das Professas Perpétuas, em torno dos símbolos característicos da passagem do Evangelho das Bodas de Caná, segundo o lema escolhido: “Façam o que ele mandar” (Jo 2,5).

Na homilia, o Reitor-Mor dirigiu esse augúrio  às professas: “Considero sua consagração belíssima em uma aliança de amor, que é para dar frutos de vida entre as meninas, aos  jovens, às famílias, para garantir  que as nossas ânforas de água estejam cheias do bom vinho de vida, de compaixão, de ternura, de fraternidade. Que o Espírito Santo, hoje, nos encha com Sua Presença,  e  Deus, que faz novas todas as coisas, torne  vivo o sonho de Filhas de  Maria Auxiliadora com aquele fogo que, com sua simplicidade, Madre Mazzarello revelava”.

No final do rito, as nove Professas Perpétuas  expressaram seu louvor e agradecimento  dançando com as notas do Magnificat.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.