Seul, (Coreia do Sul). No dia 24 de maio de 2021, Solenidade de Maria Auxiliadora, em Seul, capital da Coréia do Sul, sete aspirantes membros da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA Primária) fizeram a promessa, constituindo o Grupo ADMA Seul.

A ADMA Primária é uma associação de leigos, fiéis ao carisma de Dom Bosco, que em todo o mundo assumem o empenho de viver a vida cotidiana imitando Maria e colocando-se como filhos sob o seu manto.

O Grupo ADMA Seul iniciou o período de formação em 2017. Neste tempo, as sete aspirantes, acompanhadas pela Animadora Espiritual, Irmã Susanna Lee, Filha de Maria Auxiliadora, da Inspetoria Stella Mattutina (KOR), aprofundaram a espiritualidade de Dom Bosco e a história da Associação, durante os encontros semanais realizados na Casa Inspetorial Maria Auxiliadora, em Seul.

A Celebração Eucarística com as Promessas, presidida pelo Pe. Marcello Baek, salesiano de Dom Bosco, Vigário da Inspetoria Santos Mártires Coreanos (KOR), aconteceu na Capela da casa Inspetorial das FMA, com a participação da Inspetora Ir. Cecilia Kim, de algumas FMA das Comunidades de Seul e dos jovens.

As sete candidatas, pronunciando as palavras da Promessa, empenharam-se em viver a vida de cada dia na família, no trabalho, na sociedade civil e eclesial, testemunhando a fidelidade a Cristo, seguindo os ensinamentos e exemplos de Dom Bosco e confiando na ajuda materna de Maria.

Entrevistadas, cada uma respondeu à pergunta: o que mudou na tua vida depois de entrar para fazer parte da  ADMA?

  • “Nos três anos de formação aprofundei os Regulamentos da ADMA, a introdução à Vida Devota de São Francisco de Sales e aprofundei a missão da Associação consultando o Site da ADMA. Começo, assim, a modelar minha vida segundo a espiritualidade de Dom Bosco e de Maria Auxiliadora. Minha família se surpreendeu e se alegrou dizendo: nossa mãe está mudada. Com o exemplo de Maria, procuro tratar a todos com mais gentileza”.
  •  “A minha participação na comunidade paroquial mudou muito: neste difícil momento de pandemia, estou próxima dos pais das crianças da catequese, lembrando-os com paciência de não desistirem de enviar os seus filhos ao encontro do catecismo. Fiquei mais forte na fé e uma ‘missionária’ mais eficaz entre os fiéis da paróquia”.
  •  “Seguindo a espiritualidade de Dom Bosco na vida cotidiana, há um ano comecei a preparar o lanche quotidiano e a compartilhá-lo com alguns necessitados próximos a nós. Quando vejo a alegria no rosto de quem recebe o almoço, me sinto muito feliz e cheia de alegria”.
  • “Depois que empreendi o caminho de espiritualidade e formação da ADMA, minha abordagem de vida mudou. Comecei a rezar junto com meu marido e, recentemente, minha filha recém-casada e seu marido começaram a acompanhar a Santa Missa na TV Católica, por causa do lockdown“.
  • «Há dois anos, a convite de minha amiga de paróquia, comecei a frequentar a formação ADMA com as FMA. No primeiro encontro fiquei impressionada com o tema ‘Educar como Dom Basco’. Foi uma grande mudança no meu modo de ver a educação. Não se tratava de competição, mas de fazer sentir às crianças e aos jovens que são amados. ‘Mãe, mudaste!’: os meus filhos perceberam que a sua mãe mudou com a amorevolezza de Dom Bosco ”.

Com o novo Grupo ADMA Seul, que se uniu ao primeiro Grupo nascido em Gwangju em 2016, existem agora dois grupos ADMA na Coréia do Sul, 80 grupos na Região Ásia Leste-Oceania (EAO) e mais de 800 grupos em todo o mundo.

Gruppo ADMA Seoul Corea

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.