Cumbayá (Equador). De 1º a 31 de julho de 2019 na Casa de repouso Maria Auxiliadora, realizou-se o encontro do Segundo Noviciado da Conferência Interinspetorial das Nações Bolivarianas (CINAB). Participaram as irmãs das Inspetorias da Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela.

Em uma atitude de abertura e docilidade ao Espírito, as participantes fizeram a releitura do próprio percurso vocacional à luz da Palavra, das Constituições e da realidade, confrontando-se com os elementos essenciais da identidade FMA. Com Maria o convite a renovar a alegria das Núpcias de Caná, a encontrar Aquele que dá sentido à vida, com a certeza de que Ele é quem chamou ao Sim. O Segundo Noviciado foi um espaço para celebrar e lembrar as origens do Instituto e a Centralidade de Cristo.

“Estavam sem vinho, e a Mãe de Jesus disse: Não tem mais vinho”. Para as Junioristas da CINAB, perto da Profissão Perpétua, o mês do Segundo Noviciado foi a ocasião para reler a própria história vocacional, as experiências de vida comunitária e o serviço de evangelização, para descobrir que vinho falta e que, às vezes, obscurece a resposta ao Senhor.

“Chegou o momento”, … o tempo de dar-se conta de que em meio às realidades e dificuldades está o Senhor que sustenta, o único que pode encher as talhas com o vinho bom.

“Enche as talhas” … nesta experiência Deus poderia continuar a encher as talhas da vocação para que se consolide o grupo de irmãs enamoradas do Senhor, muito disponíveis para ouvir a sua vontade através das mediações, desejosas de compartilhar a experiência fortalecendo-se uma com a outra na opção de vida, em um ambiente de simplicidade, alegria, confiança, fraternidade e respeito.

– “Encheram-nas até a boca” … Desta vez foi um verdadeiro encontro com o Deus bom e misericordioso que continua mostrando seu amor infinito. Esta certeza foi o fio condutor de todos os dias impregnados de fervor, sabedoria, bom humor, amor pela consagração, paixão pelo Reino, fidelidade à Igreja, espírito de família, etc. E se encheram as talhas de aprofundamento, reflexão e comunhão transformando assim a água em vinho novo para renovar a identidade de FMA.

A talha da centralidade em Cristo: para encontrar Aquele que é o Fundamento da Consagração, que pede radicalidade e essencialidade nas opções pelo Reino. O discernimento é meio privilegiado para ouvir e acolher a vontade de Deus.

Os momentos de oração e os exercícios espirituais encheram as talhas até a boca:

do amor pelo carisma. “A você as confio” é o convite para viver o ardor do Da Mihi Animas, cetera tolle, reconhecendo Valdocco e Mornese como ecossistemas educacionais.

da fraternidade. A reflexão sobre cultura do encontro, da comunicação afirmativa e da reciprocidade nos relacionamentos. Tudo isto ajudou a valorizar as experiências de vida comunitária, a agradecer a Deus pelas irmãs nestes anos de vida consagrada e a reconhecer que o diálogo intergeneracional e intercultural é comunhão e profecia.

da dimensão missionária da vocação. A visita à terra sagrada de Ir.Maria Troncatti, uma terra onde o amor é dado aos pobres, aos favoritos do Senhor. Uma visita que renovou o ardor missionário característico do carisma salesiano.

do amor por Maria. Maria reavivou o desejo e o compromisso de ser um monumento vivo de gratidão a Maria Auxiliadora.

da gratidão, como lembrança do coração, de um coração que é terno em todos os detalhes de amor e fraternidade vividos nas casas da Inspetoria do Sagrado Coração. Gratidão por Ir. Cruz Piña e as irmãs das casas visitadas, da terra sagrada em que se sente o amor de Cristo, a alegria, a simplicidade e a fraternidade. Gratidão por Ir. Nancy Quilambaqui e Ir. Maria Maza, que dirigiram o encontro profundo com Jesus, recebendo o vinho da renovação, do desejo de doação e fidelidade. Gratidão pelas Inspetorias que com confiança sustentam e acompanham no caminho.

Foto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.