Roma (Itália). No dia 23 de dezembro de 2019, na Casa Geral das FMA em Roma, as Noviças dos Noviciados Internacionais de Roma, Via Appia Nuova e Castalgandolfo e as Comunidades da Visitadoria Maria Mãe da Igreja (RMC) de Roma, expressaram seus Votos de Natal à Madre Geral, Ir. Yvonne Reungoat, e ao Conselho Geral.

“Ti saluto speranza”, da poesia de Pablo Neruda, foi o motivo que se tornou o fio condutor para os votos das Noviças que, através do canto e da leitura de textos de autores de diversas culturas – Federico García Lorca, Madeleine Delbrêt, Luigi Pirandello, Ismail Kadare, Mario Delpini, Sayed Hegab, Dante Aliguieri – trouxeram à luz a diversidade presente no mundo contemporâneo entre quem tem tudo e quem tem nada, entre quem pode passar o Natal em meio aos afetos dos próprios caros e quem o passará na solidão. Com o voto de abrir o coração ao Amor que se faz carne e pede a cada um que o receba.

A Madre agradeceu e retribuiu, dizendo que cada ano nós nos trocamos os votos, “mas cada ano é novo. Lembramos a encarnação de Jesus: Deus escolhe vir em meio a nós através de Jesus. E penso que não nos acostumamos nunca a contemplar este Mistério, que é difícil de entender, somente o acolhemos como dom. Precisamos contemplar toda a vida esta grandeza da pequenez. Contrária a toda lógica humana e mundana. Fazemos votos entre nós de entrar com Jesus neste mistério da opção pela pequenez, que é uma opção de amor. (…) Somos chamadas a viver como Jesus este mistério da encarnação. É certo que há uma grande diferença entre nós e Ele, porém Jesus conta conosco, para sermos o sinal da encarnação, para fazer-nos um, uma, entre os mais pobres, para colaborar na salvação deles”.

No auditório da Casa Geral das FMA, as Comunidades da Visitadoria Maria Mãe da Igreja (RMC) – Beata Eusébia Palomino, Madre Angela Vespa, a Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação Auxilium, Maria Domingas Mazzarello, Madre Ersília Canta, Ir.Teresa Valsé Pantellini – dirigiram seus augúrios à Madre e às Conselheiras Gerais, com a representação intitulada “De Caná da Galileia a Belém, ao mundo. Com Maria contemplando o admirável sinal”.

No centro da cena, uma ânfora, referência ao trecho das Bodas de Caná, ícone do Capítulo Geral XXIV. Através de um entrelaçado de cantos e textos sobre os significados das várias ânforas as Comunidades da Visitadoria narraram: “A ‘Casa do Pão’, festiva e ferial, eu/nós, ânforas sempre carregadas de tesouros inexauríveis, refrigerados pelos Verbo encarnado, cumprimos nosso encargo primário: conservar, guardar o tesouro que nos é confiado e tornar seguro seu transporte…para que cada conteúdo tenha o sabor de vinho bom!”

A Superiora da Visitadoria Maria Del Carmen Canales, entregando à Madre e a cada uma das Conselheiras Gerais um ícone representando um particular do mosaico das Núpcias de Caná de M.I. Rupnick da Capela da Faculdade Auxilium , declarou: “Maria presente no presépio nos deixa um mandato, como fez em Caná: ‘Qualquer coisa se lhes diga, feçam-na!’ A Maria podem confiar a força geradora de cada Filha de Maria Auxiliadora e acolher com alegria imensa a vida daquele que continua nascendo em nossa contemporaneidade, no coração de tantas jovens e em nossas humildes pessoas”.

A Madre concluiu depois: “Vocês fizeram uma síntese bem feita entre Natal e Caná. Jesus foi o primeiro a fazer o que lhe disse o Pai, de tornar-se homem, de fazer-se pequeno, pobre, para manifestar o seu amor. Realizou isto através de Maria, que foi a ânfora por excelência e que convida a nós também, hoje, a viver essa mesma realidade, a sermos nós também ânforas de todas as cores, de todos os tipos, todas as ânforas, porém, estão vazias, para poderem se encher e enchendo-as poder dar aos outros. A encarnação de Jesus que vem à terra na pequenez, não acabamos nunca de contemplar, não conseguimos nunca entendê-la, conseguimos apenas acolher esta realidade, porque nos supera (…). Podemos fazer a escolha de poder compartilhar a água ou o vinho bom que é Jesus dentro de nós, que se encarna em nós continuamente”.

Auguri Natale alla Madre e al Consiglio - Comunità Casa Generalizia

No dia 24 de dezembro a Comunidade da Casa Geral apresentou seus Votos de Natal à Madre e ao Conselho Geral com um momento de contemplação e festa, realizado com vídeo, textos e danças com o título: “Um encontro que transforma a vida. Deus acompanha seu povo na peregrinação terrestre”. Foram repassadas as etapas em que Deus se revela através de seu Filho na encarnação e se torna acompanhador de vida para o homem. Nazaré, Ain Karim, Belém, o Egito, a Galileia, Jerusalém constituiram o cenário para a leitura dos trechos de Evangelho e das Circulares da Madre. Os votos para a Madre e as Irmãs do Conselho evidenciaram o empenho delas, de acompanhamento, que se faz proximidade em sua peregrinação por todas as Comunidades Educativas do mundo.

“É verdadeiramente o Natal do mundo e repassamos toda a história da encarnação, entrelaçada com a nossa vida” – comentou a Madre. “Nestes dias repetimos tantas vezes ‘Vem, Senhor Jesus’. É verdade que em nosso coração está este grito a Jesus que venha, ou o dizemos como qualquer outra palavra? É verdade que estamos impacientes para que Jesus venha em nossa vida? Se olharmos ao redor do mundo, a história, sente-se a necessidade de um Salvador, de um Redentor, por mais fraternidade, mais solidariedade, mais justiça, mais amor, mais paz, mais felicidade. (…) Ele confia em nós para sermos um sinal desta Presença verdadeira. Não é uma ideia, não é uma utopia. Jesus está verdadeiramente presente na história da humanidade, na nossa vida. A encarnação não aconteceu uma vez só, é contínua e Ele quer continuá-la em nós e através de nós, homens e mulheres de boa vontade, também de outras religiões. (…) Se Ele for tirado da história, então não teremos mais esperança. Mas Ele está e estará. Precisamos manifestá-lo com a nossa vida, falar dele, proclamá-lo, mas especialmente que tornemos credível a mensagem, mostrando que alguma coisa muda em nossa vida.(…) A nossa alegria seja profunda, mas não tão profunda que não se veja, uma alegria que se manifesta e principalmente que se manifesta no amor, na renovação da nossa fé. Levemos em nossa oração esta espera do Salvador para todo o mundo, peçamos a graça de estarmos sempre em busca e peçamos a Jesus que se manifeste através de nós”.

FlickrFMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.