Roma (Itália). A Madre Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, Ir. Yvonne Reungoat, envia seu Agradecimento pelos votos recebidos de todas as partes do mundo no dia 14 de janeiro de 2020.

Queridas irmãs,

No dia 14 de janeiro, dia em que celebrei meu aniversário, vocês me enviaram numerosas mensagens de augúrios via e-mail ou através dos comentários às notícias do site web. Elas interpretaram também os votos de tantas outras irmãs que no silêncio e na oferta diária se fizeram “voz”, “presença viva” nesta festa que senti efetivamente uma festa de família!

Desekp que o meu agradecimento chegue a toda parte do mundo, entre em seus corações e em suas comunidades, chegue aos membros da Família Salesiana, especialmente aos Irmãos Salesianos, às leigas e aos leigos, às jovens e aos jovens encontrados em diversas circunstâncias e nas mais variadas realidades. A oração e o afeto de vocês suscitaram profundos sentimentos de gratidão em meu coração, pelo dom da vida que sempre mais reconheço como uma maravilhosa história de amor, escrita por Deus e por Ele, de ano em ano, tornada surpreendente pelas grandes coisas que, na Sua infinita bondade, misericordia e ternura realizou e continua realizando em mim. Tenho apenas um desejo: responder com alegria, esperança, confiança em seu amor, servindo-o incondicionalmente, em cada uma de vocês e em cada  outra pessoa que Ele mesmo me fez encontrar cada dia.

As afetuosas e delicadas expressões de suas mensagens, mais uma vez me convenceram de que esta festa de família é uma maravilhosa oportunidade para manifestar e fortalecer nossa comunhão, o sentido de pertença a um carisma que nos impulsiona a buscarmos juntas novos horizontes, inéditos! Penso que somente juntos poderemos experimentar a alegria de atualizar a riqueza e a beleza do carisma que S.João Bosco e Sta.Maria Domingas Mazzarello nos entregam ainda hoje.

É uma vocação comum que queremos abraçar com renovada paixão, no espírito do da mihi animas cetera tolle, para oferecer a verdadeira felicidade a tantas/os jovens: os distantes, os marginalizados, os feridos por várias formas de pobreza; os que são provados pela solidão e ofendidos em sua dignidade; a quantos têm sede de vida e sonham realizar a própria existência no signo do Evangelho, para construir um “pedaço de história nova” para “uma humanidade nova!”

Há muitos anos  me acompanha esta Palavra de Deus: «Fiz-me toda para todos»(cf 1 Cor 9,22). Acolhi com imensa gratidão o “presente” da oração de vocês e respondo a este dom compartilhando com simplicidade o meu caminho que é pessoal sim, mas que sonho se torne realidade em todas as comunidades: comunidade que se faz toda para todos, privilegiando, como já destaquei, os jovens, alma da nossa missão! Comunidades empenhadas em irradiar sempre mais a alegria da vocação recebida, de forma que as jovens e os jovens vendo-nos sintam vibrar no coração o desejo de conhecer e encontrar Jesus e de abraçar aquele “segue-me” com coragem e radicalidade.

Estamos nos encaminhando para o CG XXIV e já começamos a primeira etapa do triênio em preparação aos 150 anos da fundação do nosso Instituto.

Estes acontecimentos têm o perfume da novidade trazida pelo Espírito Santo que torna nossas comunidades “seio” gerador de vida, “casa” habitada por um amor fecundo; comunidade onde Filhas de Maria Auxiliadora, leigos adultos e jovens, no mundo todo, se sintam envolvidos para despertar o frescor original da fecundidade vocacional do Instituto hoje (cf Circular 985). É um belíssimo dom que queremos trocar entre nós e do qual estou certa nenhuma/nenhum quer dar passo atrás em relação a este desafio não fácil, mas possível.

Sei que esta breve mensagem não esgota tudo que teria desejado participar-lhes, mas recolho todo motivo de gratidão não expresso em uma única, pequena e preciosa palavra: OBRIGADA! Na Eucaristia diária, “lugar” privilegiado onde nossas comunidades se fundamentam e se renovam (cf C 40), repetirei o meu “obrigada” e peço a Maria Auxiliadora que faça arder em nosso coração, sempre, o “fogo missionário” das origens.

Neste momento tão delicado para o mundo inteiro, convido vocês a invocarem do Espírito Santo o dom da paz, para que cessem formas de violência, de guerra, de injustiça, de dominação do poder e volte a florescer a confiança na vida e em um futuro melhor.

Desejo que vocês possam celebrar com alegria e participação, como Família Salesiana, das festas do mês de janeiro: a Beata Laura Vicuña, São Francisco de Sales e São João Bosco.  Maria seja para todas/os uma presença que nos acompanha na viagem comum rumo à meta da santidade.

Deus os abençoe e torne nossa vida um hino de louvor!

Suor Yvonne Reungoat fma

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.