Roma (Itália).  A 7 de julho de 2020 si celebra-se a memória litúrgica do nascimento para o céu da Ir. Maria Romero Meneses, a primeira mulher “Beata” da América Central.

A Beata Maria Romero Meneses  é uma religiosa do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. Foi uma alma vulcânica, como a terra natal onde nasceu, a Nicarágua. Deu-se totalmente aos mais pobres dentre os pobres, com uma ilimitada confiança na Providência.

Vida da Beata

Nasce em Granada (Nicarágua) a 13 de janeiro de 1902. O pai era ministro no governo republicano e muito rico. Ma era também muito generoso com os pobres. Infelizmente, foi enganado, e, então, a sua situação económica ficou comprometida para sempre. Maria tinha um coração semelhante ao do pai. Para ela, a família sonhava com grandes coisas: estudava música, piano e violino. Mas ela escolheu o caminho da consagração religiosa (em 1923 fez os primeiros votos). Parecia-lhe que o carisma de Dom Bosco tinha sido feito precisamente para as suas aspirações. Tendo feito os votos perpétuos (1929), foi mandada para San José de Costa Rica (1931), que se tornou sua segunda pátria por 46 anos de vida. Destinada a lecionar no colégio das jovens ricas, procurou, sobretudo “crianças pobres e abandonadas”, como Dom Bosco. E, tendo conquistado as da cidade, atravessou montanhas e vales para “salvar almas”. Formou, entre as melhores alunas, as discípulas para a Obra dos Oratórios (1934). Dá-lhes o nome de misioneritas, uma vez que a catequese, acompanhada de obras de misericórdia, era o seu trabalho principal.  Desta forma, começa depois a fundar os oratórios festivos, chegando a ter trinta e seis! Graças ao trabalho voluntário de médicos especialistas, consegue criar uma policlínica com várias especialidades, para garantir aos pobres a assistência médica e farmacêutica. Para famílias desabrigadas, fez construir verdadeiras casas “reais”, as ciudadelas de María Auxiliadora, uma obra que existe ainda hoje através da Associação leiga Asayne (Associacion Ayuda a Necesitados).

Para propagar a devoção salesiana a Maria Auxiliadora, ela faz construir uma igreja no centro de San José num cafetal (plantação de café), em torno do qual crescem numerosas obras sociais que envolvem pessoas ricas, conquistadas pela causa, depois de experimentar os efeitos da devoção mariana. A Obra está ativa até os nossos dias e é conhecida como Casa da Virgem ou Casa de Maria Auxiliadora – Obras Sociais.

O trabalho da irmã Maria é sustentado pela sua intimidade com Jesus e Maria (“Todo para mi Rey y mi Reyna“), cuja dimensão mística revela os Escritos Espirituais, também publicados em italiano.

Morreu de ataque cardíaco a 7 de julho de 1977 em Las Peñitas (Nicarágua), depois de regressar à sua terra natal para descansar. Os seus restos mortais voltaram a San José (Costa Rica) e repousa no mausoléu, junto da grande obra que ela fundou.

João Paulo II beatificou-a em Roma, a 14 de abril de 2002. A Irmã Maria Romero é a primeira mulher “Beata” da américa Central. A sua Memória litúrgica celebra-se no dia 7 de julho, dia do seu nascimento para o céu.

Materiale di approfondimento

Novena a Maria Romero

A tradição da Igreja transmitiu a linda devoção de invocar os santos e santas que, como verdadeiros amigos e amigas de Jesus, apresentam a Deus as intenções do povo, sendo Deus o verdadeiro dador de todas as graças. Rezando aos santos, reza-se a Deus, porque os santos intercedem junto de Jesus e alcançam bênçãos e graças para todos.

A novena em honra da Beata Irmã Maria Romero della Beata Suor Maria Romero foi extraída dos seus escritos espirituais e das muitas orações saídas do seu coração. Ela recomendava sempre a quem a procurava para lhe pedir conselho e oração, que, para receber uma graça é necessário unir à oração três condições: uma confissão bem feita; a comunhão frequente; e a solidariedade, feita de coração, aos mais pobres.

Novena

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.