Roma (Itália). Em linha com o Sínodo sobre: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional (cf Instrumento de Trabalho nºs 213-214), partilha-se no mês de dezembro a terceira reflexão sobre o percurso de acompanhamento na juventude das Santas, Beatas, Veneráveis e Servas de Deus.

A Irmã Maria Romero Meneses, a Amiga dos pobres, é a primeira mulher da América Central que alcança as honras dos altares.

Acompanhada no caminho da santidade

“A família é o espelho onde Deus se observa e admira os dois milagres mais belos que fez: dar a vida e dar o amor!” (São João Paulo II). Maria Romero teve a graça de ter uma família rica de fé, onde a vida é um dom, fruto do amor e onde se aprende a confiar em Deus e na Virgem Maria.

A menina é para todos um presente de ano novo, de facto nasce a 13 de janeiro de 1902 em Granada (Nicarágua). Os pais, Félix Romero e Ana Meneses, ambos de origem espanhola, batizaram-na no mesmo ano e, dois anos depois, em 1904, como era costume, recebe o Crisma.

Nascida na casa abastada da sua avó materna, Maria permanece com ela nos primeiros anos da sua vida. Naquele ambiente goza do afeto de sua mãe, das histórias de sua avó e da instrução recebida das suas sete tias maternas que, tendo ficado solteiras, dirigem uma escola particular para meninas de um nível social elevado. Elas asseguram, sobretudo, a riqueza mais importante para a vida de Maria: uma boa formação cristã, baseada não em ameaças, mas na razão, não no medo, mas no amor, e onde Deus é o dono da casa.

A experiência da família será fundamental na personalidade de Maria e também no seu apostolado, ela procurava sempre oferecer aos mais pobres a alegria de se saberem amados por um Deus que é, acima de tudo, Pai misericordioso, que cria família através do acolhimento, da bondade, da escuta, do dom. Tudo isso coloca desde a infância raízes fundas no seu coração. Ela é consciente de ter sido abençoada por Deus e gostaria que os outros desfrutassem também dessa alegria e bênção.

Continue lendo…

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.