Home Conselheira Visitadora Ir. Chantal Mukase

Ir. Chantal Mukase

Suor Chantal Mukase
Ir Chantal Mukase – Conselheira Visitadora

Nasce em 31 de Dezembro de 1967 em Goma na República Democrática do Congo. De nacionalidade rwandesa, sua família é composta de 9 filhos, 5 mulheres e 4 homens. Os pais  educam os filhos aos valores humanos e cristãos, transmitindo o amor e o espírito de pertença forte à Igreja. Este amor se alarga, em contato com os Salesianos de Dom Bosco e fascinada pelo carisma de Dom Bosco se sente chamada a servir o Senhor nos jovens, sobretudo os mais necessitados. Vive os anos da infância e da juventude em uma família serena e unida. A família toda se transfere em seguida para o país vizinho, Rwanda.

Entra no Instituto das FMA em 1988 e vive os anoa da formação inicial na Inspetoria Nossa Senhora da África (AFC), com sede em Lubumbashi. Emite os votos da Primeira Profissão Religiosa em Kafubu, em 1992.
Nos primeiros anos de vida salesiana presta seu serviço com generosidade nas atividades comunitárias, manifestando forte capacidade de dom de si e atenção solícita para com todas as pessoas. Onde ela se encontra, facilmente se juntam jovens e irmãs, atraídas por sua doçura, seus modos educados, sua profundidade.

Na Itália completa os estudos universitários e consegue a Licenciatura em Ciências da Educação com especialização em Catequética, na Faculdade de Ciências da Educação «Auxilium». Quando volta, é enviada para Kigali (Rwanda), na Inspetoria Africa Leste Nossa Senhora da Esperança (AFE), que compreende Quênia, Tanzânia e Rwanda, com sede em Nairobi (Quênia).
Aqui se dedica à Catequese na Paróquia, ensina Pastoral Juvenil aos Noviços salesianos, é professora na Escola Secundária Estatal, Diretora da Escola Primária e assistente das menias órfãs, crianças e jovens duramene provadas pelas consequências da guerra.
Ir. Chantal demonstra a sua grande capacidade de acolhimento, de maternidade e de doação sem medida.
Em 2008 é nomeada Mestra das Noviças no Noviciado Interinspetorial de Nairobi, no Quênia e Diretora da mesma comunidade. Na mesma Inspetoria da Africa Leste confia-se a ela a tarefa de Vigária Inspetorial e Coordenadora da Formação em nível inspetorial e, em seguida, de Inspetora.

A Assembleia Capitular, no decorrer do Capítulo XXIII, pede-lhe que assuma o mandato de Conselheira Visitadora. À pergunta da Madre Ir. Chantal afirma: «Fiquei receiosa quando ouvi repetir com frequência o meu nome, mas me foi dito: “Você não está sozinha”. Percebi em mim também a voz do Senhor: “Eu estarei sempre com você”. Com esta certeza e segura da presença de Maria Auxiliadora, aceito e vou em frente, também pela confiança de vocês!»