Roma, (Itália).  De 1º de setembro, Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, a 4 de outubro de 2021, festa de São Francisco de Assis, celebra-se o Tempo da Criação, um tempo em que “os cristãos renovam em todo o mundo a fé no Deus Criador e se unem de modo especial na oração e na ação, pela salvaguarda da casa comum”.  (Papa Francisco, Mensagem para a celebração do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação 2020).

O tema do ano – “Uma casa para todos?  Renovar a oikos de Deus – inspirado no Salmo “Do Senhor é a terra e tudo o que contem, o mundo e seus habitantes” (Sal 24,1), retoma o conceito de oikos, palavra grega que indica a casa, entendida como casa comum, o planeta Terra, e como família, constituída por todos os seus habitantes. O chamado batismal pede para cultivar e guardar o jardim de Deus, participando da renovação da Terra habitada, para que a vida possa florescer e todos possam ter uma casa equânime e sustentável.

Logo Tempo del Creato 2021

O logotipo do Tempo da Criação 2021 é a tenda de Abraão, que, com sua esposa Sara, abriu-se para acolher três estranhos (Gên 18), símbolo do chamado ecumênico à prática do cuidado da criação como ato de hospitalidade radical, garantindo um lugar para todas as criaturas – humanas e não – na casa comum, oikos de Deus. A tenda é lugar de refúgio e símbolo de abertura para criar espaços ao diálogo e ao discernimento.

Existem várias formas de celebrar o Tempo da Criação: organizando, como comunidade, momentos de oração e adoração, um passeio na criação ou uma peregrinação, orando em favor do ambiente e intensificando a relação com Deus, com a criação, com os irmãos e as irmãs.

É também um momento favorável para refletir sobre como os próprios estilos de vida influenciam o meio ambiente e para empenhar-se na redução do impacto do próprio consumo, por meio de eventos educativos, campanhas e ações individuais, comunitárias e institucionais.

No site do Tempo da Criação, um Comitê dirigente Ecumênico, criado para coordenar as atividades e ajudar os cristãos de todo o mundo a alcançar os objetivos deste tempo, disponibiliza diversos recursos, entre os quais a Oração 2021 e Guia para Celebrações com reflexões, iniciativas, campanhas e propostas de oração.

Numerosos são os eventos mundiais planejados, para consulta no site, divulgando as iniciativas e estimulando à participação. O primeiro é o Encontro ecumênico de oração online em 1° de setembro de 2021 às 13:00 (hora italiana).

O Dicastério do Serviço de Desenvolvimento Humano Integral, por ocasião do 6º aniversário da Laudato si’, convida à união com a família ecumênica na celebração do Tempo da Criação, na consciência de que “viver a vocação de ser guardiães da obra de Deus é parte essencial de uma existência virtuosa, não constitui algo opcional, nem mesmo um aspecto secundário da experiência cristã” (LS 217).

No final do Tempo da Criação, em 4 de outubro de 2021, começará o processo de abertura da plataforma de iniciativas Laudato Si’ anunciada pelo Papa Francisco com uma vídeo-mensagem em maio de 2021: “um caminho de sete anos que empenhará de diversos modos as nossas comunidades, para que se tornem totalmente sustentáveis, (…) deixando-nos guiar pelos sete objetivos da Laudato Si’, que nos indicarão a direção na busca da visão da ecologia integral: a resposta ao grito da Terra, a resposta ao grito dos pobres, a economia ecológica, a adoção de um estilo de vida simples, a educação ecológica, a espiritualidade ecológica e o empenho comunitário”.

“É motivo de particular alegria que o Tempo da Criação se esteja tornando uma iniciativa verdadeiramente ecumênica. Continuamos a crescer na consciência de que todos nós habitamos uma casa comum enquanto membros da mesma família”. 

(Papa Francisco)

Origens do Tempo da Criação: O Patriarca Ecumênico Dimitrios I proclamou, para os ortodoxos, o 1° de setembro Dia de Oração pela Criação: o ano litúrgico da Igreja Ortodoxa começa, de fato, naquele dia,  numa comemoração de como Deus criou o mundo.  O Conselho Mundial das Igrejas contribuiu para dar relevo a este tempo, prolongando a celebração do 1° de setembro a 4 de outubro. Seguindo a orientação do Patriarca Ecumênico Dimitrios I e do Conselho Mundial das Igrejas, os cristãos de todo o mundo abraçaram este tempo como parte integrante do próprio calendário anual. O Papa Francisco o acolheu na Igreja Católica Romana e o oficializou em 2015. Nos últimos anos, líderes religiosos de todo o mundo incentivaram os fieis, neste mês de celebrações, a reservar um tempo para ocupar-se da criação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.