Los Andes (Chile). Em 14 de julho de 2022, no ginásio do Colégio Maria Auxiliadora de Los Andes, realizou-se a cerimônia de entrega de 44 reconhecimentos “Andino/a Ilustre” do ano de 2022 a homens, mulheres, instituições que se destacaram nas diversas categorias: jovens, esportes, instituições, educação, saúde, solidariedade, comunicação e outras.

Na categoria das Instituições, o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, que celebra o 150º aniversário da Fundação, recebeu do Prefeito e da Câmara Municipal, presentes na íntegra, o reconhecimento “Andinas Ilustres” pela contribuição à educação das jovens andinas.

Ir. Ximena Oyarzo Mansilla, Inspetora da Inspetoria São Gabriel Arcanjo (CIL), junto à Ir. Cecília Poblete Palácios, Ex-aluna e Coordenadora da Área de Escola em nível nacional, e à Sra. Alejandra Contreras, Representante Legal do Colégio Maria Auxiliadora de Los Andes, subiram ao palco para receber o Prêmio.

Na mesma celebração, a Sra. Júlia Barbero Cerutti, ex-aluna do Colégio Maria Auxiliadora, recebeu, aos 100 anos, o reconhecimento de “Andina Ilustre” por sua participação em atividades no contexto da solidariedade e pelo empenho no voluntariado da Cruz Vermelha de Los Andes.

O evento faz parte do mês dedicado à cidade de Los Andes, fundada em 31 de julho de 1791, de que um dos momentos comunitários mais importantes, entre as várias iniciativas organizadas ao longo de julho, é este reconhecimento a pessoas, instituições, agências educativas, que se distinguiram por ter contribuído de várias maneiras ao bem comum.

Os reconhecimentos ao Instituto das FMA, no 150º aniversário de Fundação, são profecia de presença significativa, operante e corajosa das Filhas de Maria Auxiliadora nas diversas realidades dos cinco continentes, chamadas hoje a “reavivar o fogo” das origens para continuar a “ser sinal do amor preveniente no mundo e na Igreja, ‘auxiliadoras’ da vida, guardiãs da alegria e da esperança”.

“O fogo da pertença ao Senhor e do chamado à vida salesiana, o fogo da paixão carismática que nos torna comunidades geradoras no serviço aos jovens e aos pobres, tornou possível a expansão do nosso Instituto no mundo inteiro” (Madre Chiara Cazzuola, Circular n°1014).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.