Petén (Guatemala) A Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, da Inspetoria Centro-americana Santíssimo Salvador, realiza sua missão em Petén, um povoado fronteiriço com o México que conta com uma presença consistente de migrantes hondurenhos.

Em colaboração com a Paróquia São Luís e a Pastoral Juvenil do país, as FMA coordenam uma equipe de voluntários que, todos os dias, trazem as ajudas necessárias e prestam assistência às famílias dos migrantes.

A pandemia de Covid-19, que causou perda de empregos e consequente aumento da pobreza, fez com que mais famílias partissem em busca de uma situação melhor nos países vizinhos.  O fechamento das fronteiras entre os estados por razões de segurança levou a um aumento de migrantes nos povoados fronteiriços, como o de Petén.

A Comunidade das FMA, em rede com a paróquia e as associações locais, está empenhada na gestão de ações assistenciais: cozinhar refeições quentes e distribuir alimento, água e roupas na rua principal da cidade e em frente à paróquia, dando um sorriso aos migrantes e  fornecendo as informações necessárias para orientar-se no país.

Diz uma FMA: «Foi comovente perguntar-lhes o nome, de onde vêm, etc. Nós, em Honduras, pastoralmente, conhecemos seus lugares de origem, por isso, no diálogo, falamos sobre a Virgem de Supapa, em como é bela a cidade de São Pedro, ou sobre Sultana de Ocidente, vendo então o seu sorriso “.

O acolhimento e a ajuda aos migrantes que vivem experiências de precariedade e marginalização é um desafio pastoral que requer fazer-nos próximas: «Os desalojados oferecem-nos esta oportunidade de encontrar o Senhor (…). Trata-se de um desafio pastoral ao qual somos chamadas a responder com os quatro verbos que indiquei na mensagem para essa Jornada em 2018: acolher, proteger, promover e integrar” (Papa Francisco, Messaggio per la 106ma Giornata Mondiale del Migrante e del Rifugiato 2020).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.