Roma (Itália). Durante a Quaresma 2021, as Conferências Episcopais da Europa promovem uma rede de oração e de Celebrações Eucarísticas para recordar as vítimas por causa do Covid-19 e para apoiar as famílias, os doentes, os agentes sanitários, os voluntários e todos aqueles que estão se desgastando na linha de frente da pandemia.

A iniciativa é um sinal de comunhão e esperança com a qual os Bispos da Europa, no caminho para a Páscoa, se unem às palavras do Papa Francisco para expressar concretamente o apoio da Igreja: “O Senhor nos desafia e, em meio à nossa tempestade , convida-nos a despertar e ativar a solidariedade e a esperança capazes de dar solidez, apoio e sentido a estas horas em que tudo parece naufragado. O Senhor desperta para despertar e reavivar a nossa fé pascal ”. (Mensagem de 27 de março de 2020).

O cardeal Angelo Bagnasco, presidente do Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) explica a iniciativa, que envolve todas as Conferências do continente:

 “Avaliamos juntos a oportunidade, na verdade o dever, de lembrar na Santa Missa as muitas vítimas da pandemia. Cada Conferência Episcopal da Europa se comprometeu a organizar pelo menos uma Missa: será como criar uma corrente de oração, uma corrente eucarística na memória e no sufrágio de muitas pessoas. Nesta oração queremos também relembrar as famílias que sofreram luto e todos aqueles que ainda estão afetados pela doença neste momento e estão inseguros sobre a própria  vida”.

Cada nação celebra a Santa Missa no dia da Quaresma de acordo com o calendário proposto. A jornada para a Itália é 4 de março de 2021, no qual o Secretário Geral da CEI, Dom Stefano Russo, celebrará a Santa Missa na capela da Conferência Episcopal Italiana em Roma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.