Roma (Itália) Nos dias 20, 22 e 23 de julho de 2020 Irmã Runita Borja, Conselheira Geral da Pastoral Juvenil, com as FMA Colaboradoras do Âmbito, animou as videoconferências com o pessoal de referência das Instituições de Estudos Superiores das Filhas de Maria Auxiliadora (ISS-FMA) com o tema: “A pandemia de Covid-19 está reformulando a educação.  Desafios e oportunidades de criação de redes para o ISS-FMA: na Inspetoria, no país, nos ‘entrelaçamentos’ organizados durante o III Encontro Mundial de 2019“.

As ISS-FMA são comunidades acadêmicas que, na fidelidade ao Sistema Preventivo de Dom Bosco, vivido criativamente por Maria Domingas Mazzarello, acompanham os alunos, promovendo seu desenvolvimento integral e ajudando-os a se tornarem profissionais e cidadãos capazes de viver a  solidariedade, a justiça, a paz e o cuidado pela  Casa  Comum.

Constituem uma rede de 44 Centros Universitários, Faculdades, Universidades, Escolas de Magistério, de nível Superior e Ensino Terciário, confiados ao Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e estão presentes em 16 países nos quatro continentes: América (Argentina, Brasil, Colômbia, Haiti, México, República Dominicana e Uruguai);  África (Quênia, República Democrática do Congo, República do Benin e República Democrática Federal da Etiópia);  Ásia (Índia, Filipinas e Japão);  Europa (Espanha e Itália).  Sua missão em rede consiste em desenvolver projetos comuns, com base em prioridades estratégicas específicas, em busca de uma maior contribuição de cada ISS nos diversos contextos sócio-geográficos.

O Âmbito da Pastoral Juvenil programou as  reuniões com estes objetivos: preparar-se ao pós Covid-19, enfrentando e assumindo os desafios como Comunidade Educativa, para garantir o direito à educação, especialmente às categorias mais vulneráveis;  desenvolver diretrizes para o acompanhamento das Inspetorias e trabalhar em rede, no compromisso de uma missão educativa atual, criativa e inovadora;  organizar-se para realizar a programação da rede ISS-FMA, criada no III Encontro Mundial ISS  de 2019 em Copacabana, para o Pacto Educativo e O ano especial da Laudato Si’.

A Conselheira Geral da Pastoral Juvenil, Irmã Runita Borja, deu as boas-vindas aos participantes –  cerca de 80 durante as três sessões – com as seguintes palavras: a nossa reunião quer ser um espaço de compartilhamento, para reconhecer como  Deus está presente e como somos chamados a responder com criatividade, caridade e solidariedade, mantendo viva a esperança para as famílias e para as jovens gerações, especialmente as que frequentam nossas Instituições Educativas “.

Irmã Sarah Garcia, do Escritório de Direitos Humanos do IIMA em Genebra, desenvolveu o tema: “Reler o Sistema Preventivo segundo a linguagem dos direitos humanos“.

Em seguida, cada Instituição apresentou sua própria realidade, comunicando o que está sendo feito para salvaguardar a educação durante a pandemia e quais cenários se vislumbram no horizonte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.