Costa Rica. No dia 22 de agosto de 2018, na presença de Madre Yvonne Reungoat, foi apresentada a primeira etapa de Cidade mulher, o projeto social que objetiva apoiar as mulheres em condições de vulnerabilidade, oferecendo oportunidades de instrução, empreendedorismo e bem estar integral.

Mais de 1.000 mulheres são diretamente beneficiadas com os programas oferecidos na Casa Maria Auxiliadora e terão vantagens maiores com as novas estruturas.

“Cidade mulher oferecerá infraestrutura e tecnologias adequadas para o desenvolvimento social e educativo de suas estudantes e ampliará gradualmente as próprias capacidades juntamente com oportunidades que possam ser oferecidas às mulheres”, disse Maribel Quirós, Presidente de Asormari.

A escola é dotada de sete salas, três escritórios, duas salas para os serviços de saúde, a reestruturação de oito salas e dos banheiros existentes, além da entrada para a escola.

Cidade mulher é um projeto cuidado pelas Filhas de Maria Auxilidora e pela Associação dos Amigos de Irmã Maria Romero (Asormari) e se tornou possível graças à colaboração entre Entes e Instituições públicas e privadas. É um projeto em dez fases sobre instrução integral, que abre suas portas para mulheres de toda a cidade, com o desejo de resgate humano e social. Mulheres com idade superior a 15 anos têm possibilidade de completar seus estudos no Liceu ou ampliar suas habilidades para iniciar uma atividade de trabalho.

Graças a Ir. Maria Romero que começou esta obra e à Cidade Mulher dando continuação e sustentabilidade a esta grande missão educacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.