(Ales-Terralba). No Seminário Episcopal de Villacidro, diocese de Ales-Terralba, na Sardenha, está nascendo um jardinzinho “dos milagres”, uma horta que dá vida e esperança a quem, infelizmente, a perdeu.

O Projeto, “FORMAÇÃO, ORIENTAÇÃO E LIBERDADE DE ESCOLHA”, financiado pela CEI, realmente tem como objetivo favorecer o processo de autonomia socioeconômica dos imigrantes, transmitindo-lhes habilidades profissionais e transversais e aumentando, portanto, o nível deles de serem contratados no território.

A gestão e implementação das atividades de formação e de orientação estão confiadas ao CIOFS-FP SARDENHA e a seu Serviço para o Trabalho.

Os destinatários que aderiram ao projeto são 20 migrantes frágeis ou vulneráveis, devido aos abusos sofridos nas viagens da esperança, provenientes de países do terceiro mundo, candidatos e beneficiários de proteção internacional e humanitária ou a cargo da assistência social e/ou sociossanitários, todos convidados dos dois CAS de Villacidro, geridos pela Cooperativa Social “Alle Sorgenti” Projeto A, uma Obra Sinal da Cáritas Diocesana.

As atividades, previstas pelo projeto e todas em distribuição, são:

  1. Curso de Formação de Operador Agrícola, dividido em 90 horas de formação e 60 horas de exercícios práticos / estágios;
  2. Curso de Alfabetização informática com duração de 50 horas;
  3. Guiché de Acompanhamento do trabalho.

Os alunos, migrantes de vários países, estão vivendo com grande entusiasmo e sentido de responsabilidade as diversas atividades e, enquanto recebem de nós uma nova semente de esperança e uma nova possibilidade de vida, com sua vontade e sua responsabilidade nos dão grande confiança no futuro: acolher e crescer juntos É POSSÍVEL!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.