América Central. No dia 28 de abril de 2021 realizou-se o 23º encontro da Rede de Escolas Salesianas da Região Centro-americana (CERCA), com o tema “O acompanhamento salesiano no contexto da atual  crise    e do Pacto Global pela Educação”.

A Rede de Escolas Salesianas da Região Centro América (CERCA) reúne cerca de 60 instituições educativas das Filhas de Maria Auxiliadora, dos Salesianos de Dom Bosco, das Filhas do Divino Salvador e compartilha a missão educativa com outros Grupos da Família Salesiana, entre os quais Salesianos Cooperadores, Ex-alunos/as e Damas Salesianas.

O encontro teve como objetivo aprofundar os temas da educação e do acompanhamento e compartilhar experiências educativas como rede de Escolas Salesianas na América, para acolher o desafio do Pacto Global pela Educação, através do acompanhamento salesiano como resposta concreta à pandemia de Covid-19.

Estavam conectados online cerca de 600 participantes, membros dos Conselhos Inspetoriais, Diretores das Instituições Educativas Salesianas, Coordenadores Escolares e Pastorais, membros dos Grupos da Família Salesiana, pais, representantes da Escola Salesiana da Itália, Estados Unidos, México, Bolívia, Peru, Haiti e Chile.

Estiveram presentes ao encontro Ir. Runita Borja, Conselheira para a Pastoral Juvenil, Ir. Ivone Goulart, colaboradora do Âmbito PJ e Referente da Escola Salesiana para a América das FMA América, Ir. Altagrace Mathías, referente da Escola Salesiana América (ESA) pela Conferência Interinspetorial do México, Antilhas e América Central (CIMAC), P. Claudio Cartés, referente do Dicastério para a Pastoral Juvenil, Escola Salesiana para a América e Pe. Carlos Montoya, Referente ESA para a Região Mesoamérica.

Irmã Runita Borja destacou a importância do acompanhamento: “Em nossas instituições educacionais, constatamos a necessidade do acompanhamento: pessoal, para grupos e para famílias. Por isso é importante, na perspectiva do Pacto Global pela Educação, unir as forças de religiosos e religiosas, educadores leigos, sacerdotes, pessoal não docente, jovens dirigentes, membros da Família Salesiana, pessoas e organizações empenhadas na educação, para que cheguem a mais crianças, adolescentes, jovens e famílias. Unir forças a favor da educação é apostar no acompanhamento”.

O tema foi desenvolvido pelo Pe. Alejandro Rodríguez Rodríguez, SDB, educador e pesquisador do Centro de Estudos Salesianos de Berkeley, Califórnia, e pela Irmã Ana Victoria Ulate, colaboradora do Setor de Pastoral Juvenil, que orientou a reflexão sobre o “Acompanhamento salesiano à re-florescimento do humano ”para uma“ Resposta de Qualidade e Esperança da Escola Salesiana”.

Partir da identidade carismática, para responder à missão confiada por Deus, que se expressa no Da mihi animas cetera tolle de Dom Bosco e no apelo à santidade através do estilo e da espiritualidade do Sistema Preventivo, é o caminho a seguir. A “cultura do acompanhamento” propõe a centralidade da pessoa e sua humanização em uma perspectiva integral e transcendente, superando ações isoladas, fragmentação e uma cultura descartável que derivam da atual crise antropológica, cultural e social, agravada pela pandemia.

O acompanhamento é proposto por meio de três valores geradores de solidariedade e humanidade evangélica, que tecem redes e abrem caminhos de vida: “somos”, “compartilhamos” e “cuidamos”.

“Estar presente”, “compartilhar a vida” e “cuidado recíproco” são expressos com as palavras do Papa Francisco – na linguagem das mãos, da mente e do coração. É uma linguagem salesiana, centrada na pessoa, que parte da experiência educativa de Dom Bosco e Madre Mazzarello, favorece a participação na escuta e no envolvimento e se concentra nos mais fracos e marginalizados.

O desafio da Escola Salesiana é responder às atuais necessidades educativas, a formação ao cuidado de si e ao cuidado do próximo, a aprendizagem online e presencial, a aprendizagem personalizada, emocional, a cidadania digital, a recuperação da arte e do jogo, a experiência do oratório, mesmo virtual. O “oratório virtual” não é um lugar, mas uma experiência que remete ao sentido da família, do lar, do encontro com o transcendente e com o outro por meio da vivência lúdica de jogos, música e arte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.