Roma (Itália).  A Madre Geral, Irmã Yvonne Reungoat, chega às Filhas de Maria Auxiliadora em proximidade à festa da Gratidão Mundial, “um evento carismático que fortalece a comunhão do Instituto das FMA no espírito de família”, que será celebrado no dia 25 de abril de 2021 na Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação “Auxilium”, em Roma.

O contexto em que se celebra, de mudança de época, é ocasião para ajudar a reler os acontecimentos intensificando a missão educativa, “caminho privilegiado que forma a uma cultura da vida” e momento oportuno para enfrentar com confiança e coragem os desafios em que as FMA estão imersas.

A gratidão é um dos aspectos da identidade do Instituto das FMA e, redescobri-la, construindo rede entre as Comunidades, para celebrar a Festa da Gratidão Mundial, é sinal de vitalidade e esperança, que encontra fundamento no mistério pascal e alimenta uma sinergia de intenções educativas em benefício das novas gerações.

“Construir rede é um sinal tangível para acreditar no “nós”, no valor da comunidade educativa presente no tecido social e eclesial, (…) é dar atenção à educação integral própria do humanismo pedagógico salesiano de Dom Bosco e de Madre Mazzarello, identificando linhas comuns de ação, estudando modalidades para criar novas sinergias educativas e poder dar  respostas, ainda que sempre em contínua avaliação, às expectativas das/dos jovens hoje”. 

A Madre convida as FMA a reconsiderar a Exortação Apostólica Christus vivit, na qual  se podem encontrar linhas claras e indicativas para promover a cultura da vida nos jovens.  Destaca a urgência da formação específica como educadores-formadores, recordando que “todas as fases da vida requerem atenção formativa para viver de modo significativo e alegre a própria vocação”.  Formar-se é um requisito irrenunciável para “compreender a ‘revolução cultural’, a importância da nossa presença carismática nas redes sociais, a necessidade de comunicar a fé com uma linguagem compreensível e com a paixão educativa do da mihi animas cetera tolle.”

Recordando a missão educativa da Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação “Auxilium” e das demais Instituições de Estudos Superiores do Instituto das FMA no mundo – empenhadas em ser “laboratórios de cultura e de vida”, traduzindo em oportunidades educativas os desafios do tempo contemporâneo – a Madre destaca a necessidade de uma formação sistemática com leigos e leigas, para construir redes de corresponsabilidade e dar continuidade ao carisma educativo salesiano.

A missão educativa pede-nos para construir uma eficaz rede educativa com a Família Salesiana na Igreja e na sociedade para se tornar “agentes” da cultura da vida, promotores de uma humanidade renovada no espírito do Evangelho e na fidelidade ao carisma”.

Promover a cultura da vida, no tempo da pandemia da Covid-19 e das consequências que afetam toda a comunidade, significa despertar a esperança que se manifesta na beleza do Cristo Ressuscitado que se anuncia, na fraternidade que se respira, na oração e no espírito de comunhão.  Lembrando a carta Testemunhos da beleza de Deus – enviada “aos irmãos e irmãs consagrados” e às Sociedades de Vida Apostólica em 25 de março de 2021, passados 25 anos da Exortação Apostólica Vita Consagrada de São João Paulo II – a Madre compartilha o chamado a ser “mulheres portadoras de beleza” e a difundi-la nas Comunidades Educativas e na vida quotidiana como sinal de gratidão e solidariedade.

A Madre, em comunhão com o Instituto das FMA, expressa o Grazie a todas as irmãs de todas as idades, formação, cultura, que empregam suas energias, cada dia, com paixão, na missão educativa;  às Irmãs idosas ou enfermas, que guardam e mantêm vivo o carisma com a oração e a oferta cotidiana; às leigas e aos leigos, que em vários papéis e competências sentem a exigência de um novo pacto educativo a ser realizado com a família, com a escola, na convicção de que, pensar na educação é pensar nas gerações futuras e no futuro da humanidade. Dirige-se com gratidão aos membros da Família Salesiana, ao Reitor Mor, à Ex-alunas/os, às jovens e aos jovens, que são interlocutores privilegiados da missão educativa: “Grazie, queridas/os jovens por acreditar que “Cristo vive. Ele é a nossa esperança e a mais bela juventude deste mundo” (Christus vivit, 1)” .

La Madre renova o convite para celebrar a Festa da Gratidão, no dia 25 de abril de 2021, “num grande abraço mundial” e em rede para promover a cultura da vida.

Circular n° 1007

2 COMENTÁRIOS

  1. Grazie Madre Yvonne per quello che sei stata per noi. Madre, sorella, amica e maestra esperta nella vita… Grazie perchè ti sento concreta nelle tue circolari e nei tuoi interventi. Grazie per la tua parola che tocca ed entra nei cuori di chi ti ascolta o ti legge. Grazie Madre perchè ti sentiamo molto vicina a noi, sei meravigliisa, se unica, irrepetibile… Grazie madre di cuore. Grazie perchè ci sei

  2. Le 25 avril, Fête de la reconnaissance ,en union avec tout l’Institut, je te souhaite, Chère Sœur
    Yvonne, une très belle Fête.
    Merci pour le don de ta vie.
    En communauté à St Cyr M. Dominique, nous allons partager la circulaire : Pour une culture de la vie que je viens de découvrir. Avec grande affection, Sr Michelle

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.