Roma (Itália). O Centro de verão “Dom Bosco” de Ladispoli, na Inspetoria São João Bosco (IRO), participou neste ano, com grande entusiasmo, da proposta de visitar o Centro Amazon em Passo Corese. Os meninos visitaram as grandes lojas, participaram de uma oficina de robótica, dirigidas por especialistas. Não só falaram de robótica, mas viram trabalhar grande número de pessoas com robôs. Com material variado construiram um percurso por onde passar uma pequeno robô comandado por eles, através de um programa apresentado pelo guia. Tomaram conhecimento de onde chega aquele pacote que a mãe solicitou com um simples clic. Uma excursão não comum, mas rica de emoções e de novas descobertas.

A visão de robôs de armazém transportando prateleiras de produtos e correias transportadoras que, como os trilhos de uma estação ferroviária, separam os pacotes no centro de distribuição Amazon, em Passo Corese (Rieti) lembra imediatamente às crianças o Oratório Salesiano Dom Bosco de Ladispoli, na costa romana, de estar “em um parque de jogos”. .Estou visitando o centro romano de Amazon inaugurado em 2017, para um acampamento de verão incomum baseado em robótica.

É a primeira etapa italiana de AmazonLab, a iniciativa de Amazon que prevê uma semana de divulgação das disciplinas Stem, isto é, Ciência, teconologia, engenharia e matemática.  “Divertido. Pode-se por ordem aqui também? Porque os robôs estão sem braços e pernas?, repetem em coro as crianças, uns cinquenta, com seu indicador interrogativo sempre levantado durante a visita dirigida do centro, grande como um campo de futebol. Escutam atentos e divertidos, curiosos para entender os bastidores de um produto encomendado online. “Eles são nativos digitais e, portanto, muito fascinados pela tecnologia”, explicam Ir.Nellina e Ir.Letizia, que acompanham as crianças na visita.

Habituados a experimentar fazer pequenos vasos etruscos nas oficinas de cerâmica, tornaram-se agora protagonistas de experimentos de robótica. “Nós os ensinamos a juntar as informações que ouviram sobre carros autônomos e robôs ajudando os homens, mostrando como programar e manobrar pequenos robôs com duas rodas”, explica o educador científico, Gabriele Piersimoni, que introduz as crianças no mundo da robótica e da automação. “ O nosso objetivo – concluiu – é fazer divulgação de maneira envolvente e divertida. É o modo melhor para aprender”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.