Bogotá (Colômbia) Durante a emergência de Covid-19, as obras pastorais e educativas da Inspetoria Nossa Senhora do Rosário de Chinquinquirá (CBC), foram reorganizadas para continuar a responder às necessidades das crianças e jovens, valorizando os recursos de comunicação.

Para arrecadar os fundos destinados à ajudar as famílias carentes e para assegurar o acompanhamento e a formação dos Grupos da Família Salesiana presentes nas diversas realidades, foram utilizados diversos meios de comunicação.

A Inspetoria CBC disponibilizou seu Canal no Youtube para continuar divulgando a Palavra de Deus, dando voz e espaço às FMA, que com dedicação preparam a reflexão dominical para chegar a muitas pessoas que, devido a esta pandemia, não têm uma referência espiritual. Desta forma, a presença das FMA é garantida para ajudar as pessoas a sentir que Deus caminha com elas.

Foram elaborados materiais formativos virtuais, entre os quais o “Bom dia”, no qual podem participar membros da Família Salesiana e das Comunidades Educativas, levando a própria “palavrinha ao ouvido”. Os vídeos são publicados nas redes sociais, a fim de tornar visível o bem que está sendo feito e de fazer-se conhecer como Família Salesiana.

A tecnologia também tem ajudado a promover e realizar encontros vocacionais com a participação de jovens de toda a Colômbia e de outros Países. Nestes encontros são fornecidas orientações para o discernimento vocacional, seguido do acompanhamento por meio de encontros pessoais online. Sempre por meio de plataformas virtuais, foram realizados encontros online para a formação de Professores e Educadores das Escolas e dos diversos âmbitos de animação da Inspetoria, tanto em grupos como individualmente.

Como Comunidade FMA, foram realizadas reuniões online para celebrar datas e eventos, promovendo a criatividade e a fraternidade. Também a formação das Diretoras e das Junioristas deu continuidade às reuniões realizadas por meio desses meios. As tecnologias vêm em auxílio para potencializar alguns momentos comunitários e inspetoriais que, devido ao lockdown e à impossibilidade de se reunir fisicamente, não poderiam ser vividos juntos. Além disso, as FMA aprenderam a voltar ao essencial.

Continuamos a sonhar e a nos renovar, também no uso das tecnologias, para dar vida à missão no “aqui e agora” do contexto da pandemia, ajudando a tornar os ambientes mais sinodais e educativos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.