Roma (Itália).  A Madre Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, Irmã Yvonne Reungoat, expressa seu agradecimento de vida e de esperança pelos votos de aniversário recebidos de todo o mundo.

«Queridas irmãs,

através desta “carta aberta”, desejo partilhar o que vibra no meu coração.  Gostaria de chegar a vós, uma a uma, para expressar o agradecimento pelas inúmeras mensagens de parabéns que chegaram em 14 de janeiro de 2021, pelo meu aniversário.

Chegaram a mim de todo o mundo por meio de diversos canais de comunicação sendo expressão do espírito de família sempre vivo, atual, envolvente.  Algumas são presenças conhecidas, outras nunca encontradas, mas todas unidas a um maravilhoso carisma: o carisma salesiano!

Esta é a fonte do nosso sentir-nos “família” e daqui brota a minha gratidão que expresso a vós, aos membros da Família Salesiana, em especialmente aos Irmãos Salesianos;  às numerosas pessoas: jovens, leigas e leigos que, de diversas maneiras, me “presentearam” expressões percebidas, na sua simplicidade e espontaneidade, como um hino à vida!

Pergunto-me: como falar de festa da vida neste momento difícil, dramático, em que a pandemia feriu em profundidade, e ainda continua a ferir nosso modo de viver, provocando contágios, morte, solidão, pobreza, perdas existenciais, privações  em todos os níveis, inclusive, não último, no nível educativo?  Em muitas áreas do mundo, continuam a acontecer guerras, violências, ataques à dignidade da pessoa humana, sobretudo às pessoas fracas e indefesas. Muitas são as emergências que a família humana enfrenta e não se entreveem soluções imediatas para reapropriar-nos da “normalidade” da vida.

Diante desta realidade, não encontro outras palavras adequadas para dizer-vos que este é o momento para alimentar e compartilhar a força da esperança, como sugere a Estreia de 2021. A esperança nos pede para sermos cultivadoras e cultivadores  de vida, semeando rebentos de confiança, solidariedade, luz, ressurreição onde a escuridão e o desencorajamento gostariam de ser os senhores.

A vida que celebramos, e aquela que eu também celebrei recentemente, é um presente maravilhoso de Deus;  é um mistério de amor que se descobre com o passar do tempo, tanto nos momentos de obscuridade como naqueles em que o horizonte se mostra em toda a sua limpidez.

Deus sempre age de forma criativa e, muitas vezes, até nos surpreende com Sua ação amorosa.
Cada dia que nasce é um dia novo, um dia em que nos é dada a possibilidade de colocar tudo de nós a serviço da vida: capacidade de tempo, competências, experiências de fé, sentimentos de ternura e fraternidade tão urgentes hoje, escolhas e  ações concretas para dar conforto, amor, alegria, sorriso, esperança a quem não tem.  Em outras palavras, ser pequenas luzes que iluminam o cotidiano das pessoas próximas e distantes.  Sabemos que o bem, por sua natureza, é difusivo e não conhece limites de tempo e fronteiras geográficas.
Só neste contexto, penso que seja possível falar de “festa da vida”.

Em várias ocasiões, com simplicidade, partilhei convosco a Palavra de Deus que acompanha o meu caminho pessoal: «Fiz-me toda para todos» (cf. 1 Cor 9, 22).
Agradeço-vos porque me sinto sustentada por vossas orações neste caminho.
Da minha parte, posso assegurar-vos que tendes um lugar privilegiado no meu coração e na minha oração quotidiana, especialmente na Eucaristia que é o agradecimento por excelência.
Desejo que celebreis com viva participação, como Família Salesiana, os encontros deste mês de janeiro: a Beata Laura Vicunha, São Francisco de Sales e São João Bosco.

Deus vos abençoe e que Maria Auxiliadora faça arder sempre em todas/os nós o “fogo missionário” característica de Valdocco e de Mornese!»

Roma, 19 de janeiro de 2021

Irmã Yvonne Reungoat
Superiora Geral do Instituto das FMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.