Roma (Itália) O tema da Circular 999 surge das ressonâncias recebidas pela Madre Geral das Filhas de Maria Auxiliadora, Irmã Yvonne Reungoat, por meio das comunicações online deste tempo de pandemia do Covid-19 e “quer ser uma resposta simples para o que vibra em todos os corações disponíveis a deixar-se formar, no coração da  contemporaneidade, pelas situações concretas da vida”.

Tomando as palavras de São Paulo (2 Tim 1,6), que escreve em tempos difíceis para a Igreja e para a vida pessoal e diz a Timòteo: «Reaviva o dom de Deus que está em ti», a Madre convida a refletir sobre o que foi vivido, não como um tempo destinado à decadência, mas como uma possibilidade de nova vida, que brota do Espírito. Expressa, portanto, a convicção de que: “Este é o momento favorável para reavivar o dom de Deus que está em nós e testemunhá-lo hoje com confiança e com perspectivas abertas para o futuro”.

Reavivar o dom de Deus em nós pede-nos para seguir o caminho da formação com nova paixão, condição indispensável para a renovação e a fecundidade missionária, conforme especificado na Circular de convocação do CG XXIV, que remete ao Projeto Formativo das FMA. De acordo com o tema do Capítulo Geral, o Documento da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Para vinho novo, odres novos, convida a formar-se para se tornar “odres novos”, para acolher ovinho bom” do milagre de Jesus em Caná.

Madre Yvonne destaca a importância da formação de cada FMA que, como recordam as Constituições, é “responsável por sua própria formação” (C 80) e é um processo gradual que envolve todas as idades. Diante de uma realidade complexa e rica de desafios, que exige a capacidade de leitura crítica dos acontecimentos, considera prioritário o compromisso de autoformação, atualização cultural, para orientar os jovens em seu crescimento integral. “Mais que um aprendizado de noções, embora necessário, a formação é uma experiência que penetra a vida, alimenta o espírito, oferece possibilidades de confronto, regenera a qualidade das relações cotidianas e capacita para um serviço educacional mais eficaz e incisivo”.

A Madre termina com um apelo às Inspetorias, “para promover a formação das Irmãs nas Ciências da Educação, na catequética, na comunicação, na gestão das obras e nas competências hoje indispensáveis para responder com qualidade à missão do Instituto, mas também para responder aos chamados da Igreja. A formação deve ter prioridade nas escolhas inspetoriais com uma visão de futuro e uma mentalidade projetual”.

No final da Circular, recorda o 50º aniversário da ereção canônica da Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação Auxilium, em 27 de junho de 2020, da qual, como Superiora Geral e Vice Reitora, expressa sua gratidão àqueles que se comprometeram com dedicação e  profissionalismo para dar desenvolvimento e qualidade a esta instituição, que é um “laboratório pedagógico onde se cultiva o talento para educar, desenvolvendo com Maria uma cultura de vida permeada pelo humanismo pedagógico integral de São João Bosco e Santa Maria Domingas Mazzarello, com ampla abrangência internacional”.

Circular 999

1 COMENTÁRIO

  1. Muito obrigada Madre.
    Justamente acabamos de realizar os Exercícios Espirituais e meditarmos sobre este texto bíblico tão significativo para reavivar o fogo do Espírito Santo em nós. Este tempo que estamos a viver de facto nos convida a ir mais em profundidade na nossa vida de consagração, a olhar as possibilidades da autoformacão, do cuidado da nossa CASA COMUM, da VIDA FRATERNA em comunidade, o acompanhamento aos jovens através dos pátios virtuais, em fim a sermos criativas na nossa resposta a realidade. A minha gratidão pela formação recebida no Auxilium! A minha gratidão e oração pelas suas intenções Madre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.