Roma (Itália). Trinta anos atrás (1988), por ocasião das Celebrações do Centenário da morte de Dom Bosco, o Movimento Juvenil Salesiano foi reconhecido oficialmente como o Movimento Juvenil Salesiano Mundial.

Um pouco de história

O Movimento Juvenil Salesiano (MJS) é o movimento que reune os grupos e as associações que se reconhecem na espiritualidade e no compromisso educacional salesiano.

O MJS já nos anos 70, na Sicília e em alguns países da América do Sul, reune os jovens dos oratórios salesianos, que se encontram para compartilhar as próprias experiências salesianas, para crescer e se formar juntos no estilo de Dom Bosco, como homens e mulheres, como leigos empenhados e como educadores. Em 1980, na Itália, o MJS (Movimento Juvenil Salesiano) reune os jovens dos oratórios e de todos os ambientes educativos e das associações dos Salesianos e das Filhas de Maria Auxiliadora e define algumas diretrizes que, hoje ainda, são base para o caminho do MJS.

Em 1988, por ocasião dos festejos do Centenário da morte de Dom Bosco, o Reitor Mor, Pe. Egidio Viganò, durante um encontro de jovens vindos de todas as casas salesianas do mundo, declara oficial em nível mundial o Movimento Juvenil Salesiano.

Hoje

Ao longo destes anos o Movimento Juvenil Salesiano cresceu e continua em crescimento constante. O Movimento torna concreta e visível a comunhão de grupos e associações juvenis que se inspiram em Dom Bosco e em Madre Mazzarello. Agora existem estruturas de coordenação, simples e ágeis, em diferentes níveis. O Movimento Juvenil Salesiano é presença pastoral-educativa-evangelizadora completa e vasta da Família Salesiana com os jovens, entre os jovens e pelos jovens: é a missão juvenil que une os diferentes grupos da Família Salesiana em espírito de colaboração, especialmente SDB, FMA e Salesianos Cooperadores.

Para comemorar esta ocasião, os dois Conselheiros Gerais – Pe. Fabio Attard SDB e Ir. Runita Borja FMA – publicaram uma mensagem dirigida aos jovens, SDB e FMA e Salesianos Cooperadores, lembrando a profunda sintonia entre a identidade do MJS e o caminho da Igreja, particularmente o próximo Sínodo dos Bispos sobre o tema Jovens, fé e discernimento vocacional.

Na mensagem, os dois Conselheiros Gerais se expressam assim:

“O foco escolhido pelo Sínodo dos Bispos para refletir sobre a realidade das jovens gerações encontra profunda ressonância na identidade do Movimento Juvenil Salesiano que, desde sua origem como movimento mundial, tem como ponto comum entre os grupos e as associações juvenis que se reconhecem parte dele, viver “os valores da espiritualidade juvenil salesiana” em perspectiva vocacional, como caminho de discernimento e adesão ao sonho de amor de Deus, tal como o tema sinodal.

Aproveitamos do 30º aniversário de vida do MJS para encorajá-los a crer no seu valor, potencializando sua identidade, promovendo suas várias coordenações (locais, inspetoriais, nacionais, regionais, continentais) e assegurando o caminho de crescimento integral dos jovens, em nível pessoal e de grupo, que cuida de modo especial e atento dos discernimento vocacional. Aprofundemos juntos, jovens e adultos, os valores da espiritualidade juvenil salesiana para poder vivê-los segundo os desafios do terceiro milênio: vida e cotidiano; alegria e otimismo; amizade com Jesus; comunhão eclesial; serviço responsável.

Eis, queridos, algumas ressonâncias que queremos compartilhar com vocês, de coração. Esperemos que juntos vocês possam encontrar tempo e espaço para refletir sobre como tornar o

Movimento Juvenil Salesiano sempre o melhor espaço de protagonismo juvenil, caminho onde responder ao chamado de Deus, realizar o próprio projeto de vida e chegar à felicidade”.

Mensagem integral POR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.