Lubumbashi (Rep. Dem. Congo) De 13 a 21 de abril de 2020, as Filhas de Maria Auxiliadora da Província Nossa Senhora de África, na África central (AFC) viveram os Exercícios Espirituais anuais, orientados pelo Pe. Lambert Malungu, Salesiano de Don Bosco, sobre o tema: “Revitalizar a nossa identidade de Filhas de Maria Auxiliadora, para ser comunidades que geram vida no coração da contemporaneidade”.

A 8 de abril de 2020, a Provincial, Ir. Marie Dominique Mwema, convocou as Animadoras das Comunidades para lhes comunicar que todas as FMA da Província iniciariam os Exercícios Espirituais na segunda-feira de Páscoa, cada uma na sua própria Comunidade, devido à pandemia de Covid -19, respeitar as distâncias sociais e garantir os Exercícios anuais, dada a incerteza do futuro. Foi uma decisão inesperada, perante uma realidade imprevista, que levantou numerosas perguntas por parte das Diretoras sobre como realizar conferências online e criar o clima adequado aos Exercícios nas próprias comunidades.

Os meios de comunicação ajudaram a realizar diariamente duas videoconferências, acompanhadas pelo texto e palavra da Provincial. Cada comunidade respeitou os momentos principais, adaptando-os à sua própria realidade. Graças à disponibilidade dos sacerdotes, não faltou a Celebração eucarística diária, momento central dos Exercícios.

Na introdução ao tema dos Exercícios, o Pe. Lambert expressou a sua intenção de centrar a sua pregação em Maria, figura sempre presente na vida de Dom Bosco e Madre Mazzarello, em particular, durante a fundação da Congregação, sublinhando a presença de Maria como Mãe e Guia do Instituto das FMA.

O pregador falou também sobre a formação e suas exigências, sublinhando que as Comunidades devem ser lugares de santificação, em contínuo crescimento espiritual, a fim de poder levar a todas a ser boas e santas religiosas, consagradas a Cristo para a salvação dos jovens. Isto só é possível vivendo o sentido de pertença e corresponsabilidade na missão. Propôs, portanto, seguir o modelo da Virgem Maria, Aquela que ouviu e acreditou na Palavra de Deus, deixando que se realizassem grandes coisas para o bem de toda a humanidade.

No último dia, o Pe. Lambert Malungu falou sobre a missão, salientando a necessidade de ser proféticas e missionárias em todo o mundo pelos jovens e, especialmente, nas comunidades, onde haurir a força, a energia e a coragem para testemunhar a Cristo no mundo contemporâneo. Por esse motivo, é necessário voltar ao espírito das origens, o espírito de Valdocco e Mornese, continuando a deixar-se guiar pelos Fundadores.

A Provincial, irmã Marie Dominique Mwema, concluiu os exercícios agradecendo, em primeiro lugar, ao Senhor por lhes dar a oportunidade de viver aqueles dias de intensa união com Ele, neste tempo de isolamento; agradeceu às FMA, que aceitaram com tranquilidade o convite a viver com espírito de fé aquele imprevisto, e ao Pe. Lambert, pela sua disponibilidade e adaptação às circunstâncias. Por fim, pediu que todas continuassem, através da meditação e da adoração diária, a pedir a cura de pacientes Covid-19 e o fim dessa pandemia.

1 COMENTÁRIO

  1. Interessante e significativa l’iniziativa dell’Ispettrice dell’Africa Centrale
    circa la proposta alle Suore di fare gli Esercizi Spirituali.Hanno avuto la Grazia di avere un bravo Predicatore Salesiano Don Labert Malungu e la S.Messa quotidiana ed altro.
    Me ne servirò anch’io a suo tempo.Grazie!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.