Sucúa (Equador).  No dia 26 de maio de 2021, a Comunidade Educativa da Escola de Educação Básica Fiscomisional Mercedes Navarrete, das Filhas de Maria Auxiliadora da Comunidade S. Domingas Sávio di Sucúa, Inspetoria Sagrado Coração (ECU), celebrou os 90 anos de Fundação e serviço educativo (1931-2021).

O evento, com o slogan “90 anos Educando com o coração”, foi aberto com a Celebração Eucarística presidida por Dom Nestor Montesdeoca Becerra, Salesiano de Dom Bosco, Vigário Apostólico de Méndez e concelebrada pelo Pe. Luciano Bellini, SDB da Inspetoria Sagrado Coração de Jesus (ECU), representante da Família Salesiana.

90° Scuola Ecuador

No momento celebrativo, caracterizado por um clima solene e de festa, participaram os membros da Comunidade Educativa, a Diretora da Comunidade, Ir. Maria Luisa Luzuriaga, a Diretora da Escola, Irmã Blanca Mejia e as FMA, os professores, o pessoal administrativo e de serviço, o Conselho dos Estudantes, a Comissão de Pais e alguns convidados: a Inspetora da Inspetoria ECU, Irmã Cruz Maria Piña, em transmissão online, o Prefeito de Sucúa, Eng. Enrique Delgado, Dra. Katty Delgado, Diretora Distrital de Educação, Srta. Celeste Chica, “Rainha do Cantão” de Sucúa, e as autoridades locais.

Celebrazione 90° Scuola Ecuador

O Vigário Apostólico, na homilia, recordou as FMA e os leigos que se doaram na obra da escola, como a Beata Irmã Maria Troncatti, FMA: “O carisma salesiano por vós vivido, transmitido e testemunhado, permanecerá na mente e no coração de numerosas crianças educadas segundo o ideal salesiano ‘bons cristãos e honestos cidadãos’. Quantas gerações beberam na fonte do Evangelho e do Carisma salesiano através do serviço educativo que generosamente prestastes! A Palavra de Deus mostra como as origens dos grandes empreendimentos são sempre as mais humildes: “Deus escolheu o que no mundo é fraco para confundir os fortes” (1 Cor 1, 27). Foi o que aconteceu com esta obra nestes 90 anos. Quantas Irmãs, quantos leigos dedicaram a própria vida e tempo para evangelizar educando e  educar evangelizando”.

A Inspetora, Irmã Cruz Maria Piña, em sua saudação, disse: “Celebrar um aniversário é fazer memória agradecida por tudo o que, no tempo, viveu e compartilhou,  è contemplar como o sonho dos inícios tomou forma. É uma oportunidade maravilhosa para reconhecer e alegrar-se pela coerência e fidelidade criativa de quem tomou parte neste projeto através dos anos.  Hoje agradecemos o caminho percorrido com grande empenho, por meio de desafios e sacrifícios, de educadores/as, convictos de que, em seu humilde papel, colaboram com o Divino Mestre, o Deus da Vida, na formação de seus filhos/as, para que sejam plenamente felizes (…) Como boas filhas de Dom Basco e Madre Mazzarello, as religiosas salesianas têm procurado criar o ambiente educativo típico do Sistema Preventivo, rico de amor, confiança, responsabilidade, (…) porque todas estamos convencidas de que a educação é a melhor contribuição que podemos oferecer para a transformação e o crescimento da sociedade. (…) A obra Mercedes Navarrete só é possível com a corresponsabilidade de quantos fizeram ou fazem parte, cumprindo, com competência, esta missão – autoridades, funcionários, professores, pais, Salesianos de Dom Bosco, benfeitores – a eles expresso a gratidão da Inspetoria toda.”.

A Escola, inicialmente dirigida pela Profa. Mercedes Navarrete, foi inaugurada em 26 de maio de 1931  pelo Monsenhor Domingos Comin, Bispo missionário SDB e nomeada em homenagem a São Domingos de Gusmão.  Com o falecimento da Professora, passa a se chamar Mercedes Navarrete.

Em 1942, chegaram a Sucúa as primeiras Missionárias FMA para dirigir a obra: Irmã Anna Simeone e Irmã Carlotta Nieto. Em 1950, graças ao apoio dos colonos e missionários, começa a nova construção e, em 1960, com a Irmã Júlia Íñiguez, abre-se a Escola Materna Maria Goretti com 30 crianças.  Entre 1962 e 1963, com 78 alunos, foi transferida para a nova estrutura.

Ao longo dos anos, a Escola continua a expandir-se com a construção de salas, laboratórios, campos esportivos e cantina escolar.  De 2007 a 2016, na sequência dos trabalhos de implementação das estruturas, abre-se o primeiro ano da Escola Elementar e o segundo ciclo da Escola Materna, com acordos ministeriais. Entre 2015 e 2019 foram restaurados os monumentos a Dom Bosco e Maria Auxiliadora e renovados todos os ambientes e exteriores dos edifícios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.