Roma, (Itália). Em 26 de setembro de 2020 aconteceu o primeiro (de 4) Seminário para as Presidentes e Delegadas da Federação e da União das/os Ex-Alunas/os das FMA da Itália.

O objetivo dos Seminários é oferecer, às /aos ex-alunas/os, oportunidades formativas para enfrentar o processo de mudança e transformação que irá caracterizar a nova configuração da Associação das Ex-Alunas/os na Itália.

A primeira intervenção foi confiada à Dra. Luciana Negri, Socióloga e Dirigente dos Serviços Sociais, que tratou do tema: O Trabalho em rede como processo participativo para a coesão social.

A Relatora explicou que o trabalho em rede representa, para a Associação, uma oportunidade de desenvolvimento territorial através da subsidiariedade, integração, participação, o  compartilhamento de projetos, passando de uma intervenção dirigida a categorias individuais a uma intervenção pretendida  como promoção do bem-estar, referindo-se às pessoas e às famílias, entendidas na sua globalidade.  É o sistema social misto, público e privado, que deve se empenhar pela  coesão social e pela inclusão, passando da aceitação da diversidade e da fragilidade.

A segunda intervenção é a do Pe. Pascoal Chávez Villanova que abordou o tema: “Insieme”(Juntos) .  Caminho de esperança e de futuro.  Disse que a Igreja fala de ‘sinodalidade’ para indicar um caminho a que somos chamados a percorrer juntos, segundo a prática vivida por Dom Bosco e que é urgente para formar comunidades a serviço da educação envolvendo todos os interessados ​​nessa missão: pais, educadores, professores, titulares da instituição, jovens, pessoal de serviço, etc.  na certeza de que, para garantir o sucesso educativo, é necessária a comunhão de todas as pessoas envolvidas no evento educativo, compartilhando um projeto.

No dia 21 de setembro, em resposta à possibilidade oferecida pela reforma do “Terceiro Setor”, foi constituída, em cartório de Roma, a Entidade que congrega as 21 federações, assumindo a forma jurídica de Associação de Promoção Social (APS) e a denominação  de Associação Mornese (APS), leigos-ex-alunas/ em rede com as FMA no mundo.

Atualmente, enquanto se aguarda a inscrição no Registro Único do Terceiro Setor, as operações serão realizadas através da Associação Nem Um a Menos ONLUS  que imediatamente  assumiu a denominação de Associação Mornese (APS), leigos-ex-alunas/os  em rede com as FMA no mundo.

A denominação “MORNESE” recorda as raízes do Instituto das FMA e, neste particular momento histórico, a coragem de Maria Mazzarello, mulher leiga fortemente  engajada na situação de Mornese em um momento de crise sanitária. Para dar um fôlego mais amplo à Associação, foi possível a inserção dos/das leigos/as que, dentro e fora das Obras das FMA se sentem chamados a responder às emergências educativas, sociais, econômicas e religiosas que desafiam o nosso tempo.

Em nome do Instituto das FMA, estavam presentes ao ato em Cartório a Conselheira da Família Salesiana, Irmã Maria Luísa Miranda e a Delegada Mundial da Associação Ex-Alunas/os das FMA Irmã Gabriela Patiño. Representando a Associação Ex-alunas/os das FMA, a Presidente da Confederação, Sra. Maria Maghini e a  Sra. Anna Musso como Presidente da ONLUS.  Devido às restrições de aglomeração devido ao COVID, as 21 Presidentes das Federações italianas foram representados por procuração pelas poucas ex-alunas que puderam estar presentes ao ato.

Carta da Conselheira Geral da Família Salesiana

LAISSER UNE RÉPONSE

S'il vous plaît entrer votre commentaire!
Please enter your name here

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.