Lisboa (Portugal).  No dia 27 de janeiro de 2019, no final da Jornada Mundial da Juventude no Panamá, o Papa Francisco anunciou o ano e o local da XXXVII JMJ: 2022 em Lisboa, encontro adiado para agosto de 2023, devido à pandemia de Covid-19.

O tema que acompanha o evento dos jovens é: “Maria levantou-se e saiu apressadamente” (Lc 1,39).  O Papa Francisco, a 22 de junho de 2019, em Roma, no Fórum Internacional dos Jovens, manifestou o desejo de que o caminho para a XXXVII JMJ esteja em sintonia com as orientações emanadas do Sínodo dos Bispos “Os Jovens, a fé e o discernimento vocacional” e  com a Exortação Apostólica pós-sinodal Christus vivit: “Não ignoreis a voz de Deus que vos impulsiona a   levantar-vos e seguir os caminhos que Ele vos preparou. Como Maria e junto a ela, sejais, todos os dias, portadores da sua alegria e  do seu amor. Maria levantou-se e saiu apressadamente  para visitar a sua prima. Sempre prontos, sempre com pressa, mas não ansiosos.”

No caminho de preparação ao evento mundial, é significativa a escolha da logomarca, que sintetiza os conceitos relacionados ao tema e acompanha os jovens na vivência da experiência.

No dia 16 de outubro de 2020, 42° aniversário da eleição de João Paulo II, idealizador das Jornadas Mundiais da Juventude, foi anunciado o logo vencedor do concurso para a JMJ 2023. O autor é um jovem designer português, que explica o dinamismo que a inspirou: «Segundo o tema do Dia, Maria não fica imóvel, mas decide visitar a prima.  É um convite aos jovens para não ficarem parados, para fazerem com que algo aconteça, para construir o mundo e não o abandonar nas mãos dos outros.”

No logotipo «JMJ LISBOA 2023», nas cores da bandeira de Portugal, domina a  Cruz, em verde, atravessada por um caminho, de onde surge o Espírito Santo, representado por uma linha amarela sinuosa.

O perfil de Maria, virado para fora, aproximando-se da prima Isabel, «exprime a juventude dos seus anos,  característica de quem não é ainda mãe, mas que carrega a luz do mundo dentro si”. A coroa do rosário, de cor vermelha, recorda “a espiritualidade do povo português na sua devoção a Nossa Senhora de Fátima”.

Os jovens do Movimento Juvenil Salesiano, o Âmbito das Filhas de Maria Auxiliadora e o Dicastério dos Salesianos de Dom Bosco da Pastoral Juvenil continuam o caminho de preparação do Panamá a Lisboa, com os seguintes temas anuais:

– XXXV JMJ 2020: “Jovem, eu te digo: levanta-te!” (Lc 7,14)

– XXXVI JMJ, 2021: “Levanta-te!  Eu te constituo testemunha do que viste!” (At 26,16)

– XXXVII JMJ, 2023 (Lisboa) “Maria levantou-se e saiu apressadamente” (Lc 1,39)

Os três temas estão ligados pelo convite aos jovens a  “levantar-se” e a responder ao chamado do Senhor para difundir a Boa Nova. O “sim” de Maria transforma-se em estilo de vida que se torna serviço aos outros, especialmente neste tempo de pandemia de Covid-19. O Papa Francisco encoraja os jovens a  deixarem-se tocar pela força do Senhor ressuscitado e a recuperar a vitalidade interior, os sonhos, o entusiasmo, o otimismo e a generosidade, traços característicos juvenis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.