Calcutá (India). De 24 a 28 de janeiro de 2018 realiza-se em Calcutá, a Avaliação Trienal da Conferência Interinspetorial da India (PCI) que compreende 7 Inspetorias. A Avaliação Trienal tem dupla finalidade: avaliar o caminho pós-capitular e oferecer indicações para o tema do próximo CG XXIV.

No dia 23 de janeiro, Madre Yvonne Reungoat chegou à Inspetoria “Maria Auxiliadora” de Kolkata (Calcutá), a cidade da alegria, do 4º sonho missionário de Dom Bosco, juntamente com a Conselheira Visitadora, Ir. Phyllis Neves, no aeroporto internacional de Natajii Subhas Chandra Bose. Foi recebida com um ramalhete de flores pela Inspetora, Ir. Rose Ezarath, pelas FMA, pelas estudantes do Auxilium Dum Dum, os pais e Ex-alunas. Os alunos saudaram a Madre ao ritmo de ‘Anando loke’, deixando cair pétalas de rosas e cumprimentando-a com os pon-pon. A Madre foi acompanhada até a capela para acender a lâmpada tradicional indiana, símbolo da presença de Deus. Madre Yvonne expressou sua alegria de fazer parte da Inspetoria, feliz por encontrar as irmãs e professores, especialmente as crianças com suas rostos sorridentes.

A Avaliação começou no dia 24 de janeiro de 2018, com a oração da manhã e a Celebração Eucarística presidida por Dom Thomas D’Souza, Arcebispo de Calcutá. Em sua homilia destacou a ternura e a compaixão tão desejadas por São João Bosco, buscando inspiração na vida de São Francisco de Sales, Patrono da Congregação, cuja festa está sendo celebrada.

Na Avaliação estão presentes 35 representantes das comunidades inspetoriais, entre as quais as Inspetoras, as FMA delegadas, os leigos e os jovens, juntamente com a Madre Geral e as quatro Conselheiras Ir. Lucy Rose Ozhukayil, Ir. Alaíde Deretti, Ir. Runita Borja e Ir. Phyllis Neves.

Seguiu-se um momento de acolhida preparado pela Inspetoria situada no coração de Calcutá, a cidade da alegria. Os participantes viajaram por essa terra através da comunicação que fazem antigos monumentos conhecidos por seu fascínio tradicional e pelo patrimônio. Depois os participantes foram acompanhados até o auditorium onde 700 estudantes da escola Auxilium representaram a cultura de Bengala Ocidental, com várias expressões artítisticas, que fizeram apreciar a riqueza desta terra e da sua gente.

Após as boas vindas cerimoniais, a Madre Geral deixou sua mensagem. Agradeceu pelo acolhimento e lembrou a atenção a todo o Mundo das FMA, que acompanha através da WEB do Instituto este momento.

Cada dia se abre com a palavra da Madre Geral, Me.Yvonne. Neste primeiro dia Me. Yvonne ofereceu uma meditação sobre o tema “Na memória do Chamado”. Falou aos participantes da beleza de nossa vocação de crentes. Disse que devemos “deixar-nos encontrar pelo Senhor Jesus”. Somente um encontro com Jesus pode nos ajudar a encontrar os outros.

Este momento foi seguido pela discussão em grupo, que ajudou os participantes a aprofundarem o tema proposto pela Madre.

Outro momento central do dia foi a apresentação dos caminhos. A PCI compartilhou a síntese dos caminhos das inspetorias, apresentando os processos em comum, evidenciando seus passos e os caminhos a potencializar. Sobre isto seguiu-se uma viva discussão. O dia se encerrou com a oração da tarde, o jantar e uma breve recreação que uniu FMA, leigos e jovens.

Nos dias seguintes se continuará a reflexão sobre os temas propostos pela Madre, alternando momentos de aprofundamento e de interiorização a momentos em grupo de diálogo e confronto.

Verifica Triennale PCI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.