Ennerdale (África do Sul).  No dia 24 de maio de 2021, durante a Santa Missa da Solenidade de Maria Auxiliadora, na presença dos Salesianos de Dom Bosco, das Filhas de Maria Auxiliadora, dos Salesianos Cooperadores e dos jovens, foram apresentados 7 aspirantes a Salesianos Cooperadores.

Durante a Celebração Eucarística, presidida pelo Pe. Marian Kulig, SDB, pároco da Paróquia de Todos os Santos de Enneradale, e pelo Pe. Sean Murphy, SDB, Delegado local da Família Salesiana, Irmã Maria Nguyen, Filha de Maria Auxiliadora da Comunidade Beata Laura Vicunha de Joanesburgo, na Inspetoria Nossa Senhora da Paz (AFM), pronunciou os nomes dos sete Aspirantes, procedentes da paróquia salesiana Santa Maria de Finetown, Joanesburgo.

Os aspirantes foram acolhidos pelo Sr. Chester Browne, Salesiano Cooperador, Conselheiro Inspetorial da Região Sul (AFM), no grupo local formado por 13 Salesianos Cooperadores.

O Pe. Marian concluiu a celebração agradecendo a difusão do carisma salesiano nas missões, em particular, a presença e o trabalho dos Salesianos Cooperadores.

Os Salesianos Cooperadores da Região da África do Sul e Suazilândia (AFM) participam ativamente das realidades eclesiais e sociais, trabalhando em estreita colaboração com os diversos grupos da Igreja e dos jovens: Conselho Pastoral Paroquial, pequenas comunidades cristãs, coros, associações católicas, etc. Ensinam o catecismo, ocupam-se dos pobres, apoiam crianças e idosos necessitados, com ajuda material e espiritual. Reúnem mensalmente e organizam encontros nas paróquias para divulgar a obra de Dom Bosco e propor o caminho da Associação.

Os Salesianos Cooperadores (SSCC) são leigos/as de religião católica ou membros do clero diocesano que, atraídos pela figura de Dom Bosco, vivem na condição secular o carisma da Sociedade de São Francisco de Sales. São chamados a cooperar na missão de salvação dos/das jovens, especialmente dos pobres e abandonados.

O percurso formativo para entrar na Associação prevê uma fase inicial em que o Aspirante, acompanhado pelo Responsável da Formação e pelo Delegado SDB ou pela Delegada FMA, faça um discernimento sobre a autenticidade das próprias motivações e sobre o desejo de fazer da própria vida uma doação alegre, no espírito de Dom Bosco.

Junto aos outros aspirantes do Centro Local, aprofunda a vocação de Salesiano Cooperador e assimila o Projeto de Vida Apostólica, desenvolvendo gradativamente o sentido de corresponsabilidade e pertença à Associação e à Família Salesiana e crescendo na vida de oração e caridade.  Provando-se com experiências significativas na realidade local e confrontando-se com o testemunho dos Salesianos Cooperadores do Centro, amadurece a escolha de fazer a Promessa Apostólica que marca a entrada na Associação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.