Torino (Itália). De 26 de julho a 14 de agosto de 2021, seis jovens universitários que saíram de Turim (Itália) fizeram uma experiência missionária no Oratório do Centro Multifuncional S. Maria D. Mazzarello das Filhas de Maria Auxiliadora, em Torre Annunziata, Nápoles, Inspetoria Meridional Nossa Senhora do Bom  Conselho (IMR).

Esperienza missionaria giovani IPI

Os jovens participaram do Curso de Partidas de Animação Salesiana Missionária organizado pela Pastoral Juvenil das Filhas de Maria Auxiliadora da Inspetoria Maria Auxiliadora (IPI) e dos Salesianos de Dom Bosco da Circunscrição Especial de Maria Auxiliadora (ICP) e no dia 22 de maio de 2021 responderam “Aqui estou” ao Mandato Missionário, colocando-se à disposição para a Experiência de Verão.

Acompanhadas de Ir. Cristina Stara, FMA da Inspetoria IPI, foram acolhidas pela comunidade FMA S. Maria Domingas Mazzarello de Torre Annunziata, compartilhando com as irmãs momentos de oração, intercâmbio fraterno e de recreação.

Os jovens turinenses experimentaram um ritmo de vida intenso, alternando o serviço de animação com as crianças do Centro diurno, os encontros formativos com 15 jovens do Serviço Civil – principais destinatários do projeto missionário – as atividades, os jogos e as oficinas com os participantes do Verão Juvenil. A presença e o diálogo com Ir. Angela Trinchillo, FMA responsável pelo Oratório, ajudaram-nas a conhecer e inserir-se com delicadeza na realidade local.

“Três passos, um só caminho” é o tema do Verão Juvenil oferecido aos jovens dos 14 aos 20 anos, com jogos, oficinas e actividades formativas que, através da metáfora do caminho, se dividem em três etapas – “coloca-te a caminho” , “caminha” e “não pare” – orientaram os participantes na progressiva descoberta de si e dos outros, num ambiente de família e de partilha.

A criação de um Mural, que reúne os elementos carismáticos salesianos – a janela da Valponasca e a fonte de Valdocco -, a vista da Torre Annunziata, os símbolos e o slogan do Verão Jovem, envolveu os jovens do Oratório em doar sua contribuição com liberdade e criatividade, em uma atmosfera de amizade significativa.

Os jovens missionários, que experimentaram um bom acolhimento e pediram um momento de diálogo com os jovens de Torre Annunziata, resumem assim a experiência:

 “Missão é deixar-se esvaziar e preencher novamente: pela realidade que encontramos, que muitas vezes nos deixou cheios de perguntas, e pelos jovens que, ao nos mostrarem sua pobreza, desmascararam a nossa. E no final ficam muito mais ricos do que quando saíram” (Giulia).

 “Saindo para uma terra de missão que não era a prevista, percebemos que, antes de irmos longe, é bom doar-se a quem está próximo. A tua missão não se define pelo destino, mas pelas pessoas que encontras ao longo do teu caminho” (Carola).

 “As três semanas na Torre Annunziata foram uma descoberta contínua da realidade que nos rodeava e de aspectos de nós que nunca haviam sido questionados. No final, o cansaço foi proporcional às emoções e experiências vividas” (Cecília).

“A missão se revelou um verdadeiro apelo do Senhor para encontrar uma realidade que te incomoda, deixando silêncios e por vezes a impotência. Missão é encontrar o Senhor mesmo onde parece Ele não estar” (Ana).

 “Ir em missão é um treinamento para alargar o coração e abrir espaço ao encontro com o Outro na verdade. A missão não é só tocar com a mão, mas deixar-se tocar nas próprias fragilidades” (Erica).

 “Missão é formar o coração para encontrar Jesus onde menos se espera: a primeira terra sobre a qual trabalhar foram os nossos corações, que tiveram de se tornar dóceis, disponíveis e acolhedores para fazer casa com os jovens que nos acompanharam. três semanas” (Lisa).

 “É uma experiência que não se esgota no final das três semanas, porque se abre para um horizonte muito mais amplo: um ‘não para’ que cheira a infinito, a eternidade. É uma história feita de encontros: entre as jovens Torre Annunziata e nós, moças de Turim, com esta terra, com Dom Bosco e Madre Mazzarello e com o Senhor, para compreender que a chave para uma vida plena é uma vida doada” (Giulia).

ESperienza missionaria giovani IPI - Murales

1 COMENTÁRIO

  1. Bellissima esperienza vissuta nella gratuità sognando un futuro di speranza insieme a chi crede e cammina con noi senza fermarsi mai..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.