Deixemo-nos guiar pelo amor que Deus tem pela vida

Deixemo-nos guiar pelo amor que Deus tem pela vida

Roma (Itália). O tema da vida está no centro da reflexão do Reitor-Mor na Estréia 2007. Como já é tradição, na tarde do dia 31, P. Pascual Chávez, apresentou o comentário da Estréia, na Casa Geral, na presença da Madre e das Irmãs do Conselho Geral, e de outras tantas fma das casas de Roma.
O Reitor-Mor, com a sua capacidade comunicativa e a sua cordialidade, introduziu primeiramente a reflexão e depois deu espaço à projeção do DVD preparado pelo Dicastério da Comunicação Social sdb, que recolhe imagens significativas, facilitadoras da compreensão da mensagem.
A Estréia tem como título: Deixemo-nos guiar pelo amor que Deus tem pela vida.
O Reitor-Mor destacou que, em um momento histórico no qual a vida está particularmente ameaçada, é necessário, como Família Salesiana, que nos empenhemos em assumir com gratidão e com alegria a vida como dom inviolável, a promover com paixão a vida como serviço responsável, a defender com esperança  a dignidade e a qualidade de cada vida, sobretudo a mais fraca, pobre e indefesa.
«A Estréia – afirmou P. Chávez – deseja ser “uma reafirmação precisa e firme do valor da vida humana e da sua inviolabilidade, e também um apaixonado apelo dirigido a todos e a cada um, em nome de Deus: respeita, defende, ama e serve a vida, cada vida humana! Somente nesta estrada encontrarás justiça, desenvolvimento, liberdade verdadeira, paz e felicidade!” (EV 5)».
Diante da cultura de morte cada membro da Família Salesiana é chamado, portanto, a considerar a vida como Evangelho e retomar o Evangelho da vida, para celebrá-lo e servi-lo.
Vida como evangelho: a vida é uma vocação e uma missão e isto implica em receber e amar a vida como dom e em assumir responsabilidade pela vida como uma tarefa.
Evangelho da vida: Cristo veio para que todos tenham vida em abundância, o que requer compromisso pastoral e educativo para servi-la e fazê-la crescer, doando a própria vida, para defendê-la, especialmente aquela de quem é desfavorecido: as crianças, os pobres, os doentes, os anciãos; trata-se de um ministério da família, da igreja, da escola, que se colocam a serviço da vida.

Mas, há um programa “salesiano” pela vida, sobre o qual o Reitor-Mor insiste. Este comporta que todos os membros da Família Salesiana proponham estes conteúdos desde o primeiro anúncio do Evangelho e, em seguida, na catequese e nas diferentes formas de predicação, no diálogo pessoal e em cada ação educativa; que os educadores, os professores, os catequistas e os agentes de pastoral dêem destaque às razões antropológicas que fundamentam e sustentam o respeito a cada vida humana; que todos trabalhem em rede com outros tantos que estão empenhados em fazer nascer uma nova cultura da vida. (Cfr. EV 82)
O encontro concluiu-se com a troca de augúrios verdadeiramente fraternos para o novo ano que se inicia.

Leia o texto completo 

Assista ao vídeo da Estréia 

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.