Discípulos e missionários de Cristo

Discípulos e missionários de Cristo

Nos últimos dias, encontramo-nos com Ir. Amalia Orozco García fma, mexicana, há muitos anos empenhada na conferência episcopal mexicana a favor de uma catequese a serviço das culturas indígenas. No dia 13 de setembro, ela partiu com um grupo de 39 peregrinos, do México rumo a Terra Santa, não para fazer turismo, mas para percorrer o itinerário dos primeiros cristãos. Serão 10 dias na Terra Santa e outros 10 em Roma. Fazem parte do grupo o bispo da diocese de Tehuantepec (Oaxaca) México: Felipe Padilla Cardona, dois sacerdotes: Eleazar Franco da Arquidiocese de Puebla e Silverio Perez, da Prelazia dos Mixes, trinta leigos de várias etnias indígenas, que trabalham na evangelização e na catequese,  e seis religiosas.
Ir. Amália nos falou como o seu trabalho se insere num percurso pastoral diocesano, onde ela com a sua Vocalia (departamento da comissão episcopal), procura formar catequistas indígenas para poder ajudá-los a exprimir melhor a verdade do Evangelho, a partir da sua própria cultura.
Evangelizar cada cultura a partir dos seus próprios representantes é o objetivo a que se propõem. As diversas etnias são portadoras de riquezas, mas toda cultura que permanece fechada em si mesma corre o risco de morrer, lembra Ir. Amália. São eles mesmos, portanto, que olham para o Evangelho e para a mensagem de Jesus, escolhem o melhor jeito para anunciá-lo e, sobretudo, para progredir e seguir sempre mais no plano de salvação de Deus para eles.
Por mais de um ano trabalharam com encontros em todo o México, para recolher testemunhos e palavras de fé das comunidades, e valorizar a contribuição de todos na preparação de dois importantes documentos do CELAM (Conselho Episcopal Latino-americano), com os quais participarão da Conferência Episcopal Latino-americana que acontecerá no Brasil, em 2007.
No México, co-existem 56 diferentes etnias indígenas, as quais têm suas raízes na história precedente ao colonialismo. De Sinaloa a Chiapas vivem 10 milhões de índios. Os ameríndios, pertencentes a várias nações indígenas, representam 30% dos mexicanos.

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.