Sinodalidade e governo

Ariccia (Itália). De 25 a 28 de fevereiro de 2019, os Conselhos das Inspetorias da Conferência Interinspetorial Italiana (CII) e o Conselho da Visitadoria “Maria Mãe da Igreja” (RMC), encontraram-se em Ariccia, na Casa Divino Mestre, para viverem juntos um tempo de formação.

O tema foi “Sinodalidade e governo” e os dias tiveram o objetivo de reler a relação sinodalidade-governo na Vida Consagrada hoje, à luz do carisma salesiano e do caminho da Igreja.

Os dias transcorridos juntas foram caracterizados por momentos de oração, reflexão pessoal e em grupo, confronto em assembleia, partilha de serena fraternidade.

O encontro começou com o pedido de realizar uma tarefa simples: construir, em grupos de quatro, uma torre, o mais alta e bela possível, com tijolinhos coloridos, respeitando por turno os papeis distribuídos . O arquiteto que não podia falar, o construtor que tinha os olhos vendados, o conselheiro que podia falar e dar indicações, o observador que implacável registrava cada reação. Um simples jogo que fez refletir muito sobre o cansaço de respeitar o próprio papel sem errar, sobre o deixar-se tomar logo pela realização da tarefa sem olhar nem siquer as peças à disposição, sobre a capacidade de dar um passo atrás logo que percebia ter ido além da tarefa que lhe cabia, sobre a fadiga de construir e depois desfazer para recomeçar...

A manhã continuou com um tempo dedicado à oração, com as boas vindas da Presidente CII Ir. Carla Castellino, a apresentação dos dias por parte da Secretária CII Ir. Anna Razionale.

Importante foi também compartilhar o significado que cada participante atribuiu, no tempo, às palavras SINODALIDADE e GOVERNO, para partir de uma base comum e da apresentação de algumas experiências já realizadas.

À tarde Pe. Carlo Maria Zanotti, SDB, ofereceu uma Lectio Divina à assembleia, sobre o texto do Evangelho de Jo 20,1-18 Maria Madalena, Icone da Ressurreição (Documento final do Sínodo, nº 115). O silêncio e a reflexão pessoal, a Adoração Eucarística e a partilha da Palavra prepararam para viver a Celebração Eucarística com o coração aberto e disponível para acolher as sugestões do Espírito. Uma bela noite de fraternidade encerrou este primeiro dia.

Na manhã do dia 27 de fevereiro a Madre Geral, Me.Yvonne Reungoat apresentou o tema “Sinodalidade e governo à luz do carisma”. Mais que um tratado foi uma partilha de vida a partir da perspectiva mundial. A Madre compartilhou sua experiência, sua visão rica e sábia, comunicou as preocupações, reconheceu os sinais de esperança, lembrou alguns desafios que de modos diversos interpelam o Instituto e convidou “a não fazer da palavra sinodalidade um slogan esvaziado de seu conteúdo.

Juntamente com toda a Igreja, somos convidadas a aprofundar este estilo de governo, que tem sua origem na comunhão trinitária e que somos chamadas a encarnar no Instituto em todos os níveis. Trata-se de se deixar guiar pelo Espírito Santo para entrar em um estilo de amplo envolvimento, para caminhar juntas rumo a uma meta definida juntas”.

À tarde, Pe. Rossano Sala, SDB, apresentou o Documento Final do Sínodo demorando sobre o tema “Sinodalidade e governo na experiência do sínodo”. De modo claro, a partir da experiência pessoal vivida durante o Sínodo, como Secretário extraordinário, ajudou a assembleia a clarear o significado de sinodalidade precisamente na vida da Igreja e consequentemente na vida das Congregações.

O diálogo com Pe. Rossano, o confronto em cada Conselho Inspetorial para definir o que é e o que falta em relação a sinodalidade e governo, a boa noite da Madre Geral, encerraram a intensa segunda jornada.

Na manhã de 28 de fevereiro Ir. Vilma Tallone, Ecônoma Geral, ofereceu algumas considerações sobre o tema do “patrimônio estável”, dando explicações e esclarecimentos. Para facilitar a realização desta tarefa foi encaminhada a fase 10 da Plataforma Interativa que ajudará a registrar o patrimônio imobiliário de cada inspetoria.

Um trabalho para Conselhos Inspetoriais para individuar alguns passos concretos a serem realizados após o que foi ouvido e vivido, a partilha em assembleia e a saudação final da Presidente CII Ir. Carla Castellino, concluiram as jornadas de trabalho.

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.