As Jornadas Salesianas de Comunicação: comunicar esperança e confiança

Roma (Itália). Celebraram-se, nos dias 28 e 29 de abril, na Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), as Jornadas Salesianas de Comunicação, para jovens em formação da Família Salesiana, promovidas pelos Dicastérios e Âmbitos para a Comunicação Social e Formação, dos Salesianos e das Filhas de Maria Auxiliadora, pela Faculdade de ciências da Educação “Auxilium” de Roma.

Os dois dias, que contaram com a participação de cerca de 180 pessoas, além de serem uma ocasião de encontro e de confronto, promoveram a formação para a comunicação e para a comunicação social habilitando jovens religiosos/as e seus formadores/as na consciência de uma constante autoformação.

Ir. Maria Helena Moreira FMA, Conselheira Geral para a Comunicação Social, ao abrir o encontro, lembrou a finalidade dos dois dias e o compromisso de vivê-los na partilha e na busca “de tecer uma comunicação que fale de coração ao coração das pessoas, dos jovens, de cada um de vocês. Do coração de Jesus aos seus corações, e comunicando Jesus com a vida de vocês!” Entregando aos presentes um marcador de livro disse: “A esperança baseada em Jesus nos ajuda a contemplá-lo no cenário deste mundo, a realizar a trama de uma história de salvação. E não estamos sozinhos! Deixamos a vocês uma atribuição: tecer com o Espírito Consolador o fio da esperança em suas vidas!”

A Mesa redonda, moderada por Pe. Donato Lacedonio, SDB, contou com a participação de três relatores que desenvolveram o tema “Comunicar esperança e confiança em nosso tempo”, com abordagens diversas: Fabio Paqualetti, SDB, docente da Faculdade de Ciências da Comunicação Social, apresentou uma breve análise do contexto sociocultural atual e a falta de esperança e confiança, oferecendo algumas linhas de caminho para uma ação educativa positiva; Pe. Francesco Occhetta, sj. Jornalista, tratou da virtude da esperança na vida cotidiana, acentuando a necessidade de discernimento maduro para viver bem o dia a dia; a Dra. Roberta Gisotti, jornalista e escritora, falou de sua experiência de viver o sim à lógica da boa notícia e o não ao espetáculo do mal.

Seguiram-se as sessões paralelas onde, partindo de experiências concretas, os participantes se confrontaram com a comunicação da esperança e da confiança em diversas fronteiras experienciais: nos corredores dos hospitais, com a clownterapia promovida pela ANTAS; na família adotante, com Alida e Luigi que escolheram acolher um adolescente para oferecer-lhe uma nova oportunidade de crescimento; no cárcere menor onde trabalha Ir. Aurora Consolini, FMA; na comunidade religiosa, lugar de comunicação e de criação de “boas palavras” que edificam e saturam ambientes de esperança (Pe. Carlo Maria Zanotti); no uso das mídias através da experiência e do projeto do AIART; no encontro com os jovens através da proposta pastoral de Pe. Fabio Rosini. Os formadores e as formadoras se confrontaram com Ir. Pina Riccieri, fsp, que apresentou alguns desafios e oportunidades da comunicação digital na formação para a vida consagrada.

Na manhã de sábado, 29 de abril, os participantes se ocuparam em oficinas de media analisys e workshop para compreender e promover uma comunicação “boa” nos textos da mídia, que são vistos todos os dias: informação política, canção, cinema, vida social e gráfica.

Pe. Filiberto González, SdB Conselheiro Geral para o Dicastério de Comunicação, presidindo a celebração eucarística, comentou a Mensagem do Papa, entregando aos/às formandos/as a tarefa de saber olhar a realidade com sábia confiança, adotando um estilo comunicativo aberto e criativo, para oferecer aos jovens do nosso tempo narrativas marcadas pela boa notícia.

À tarde, em assembleia, foram compartilhadas as mensagens na variedade de linguagens e criatividades, elaboradas pelos formandos/as como síntese da experiência “como e quando comunico esperança e confiança”. Dali surgiram algumas linhas de caminho futuro: viver a ecologia da palavra, educar o olhar e favorecer o encontro com o coração cheio de confiança e de esperança.

Video (Tavola rotonda)

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.