Rivista DMA

Il volto della Misericordia

O Rosto da misericórdia

Abre-se um tempo propício para a misericórdia. O nosso mundo, marcado por situações de grande beleza e também de grandes sofrimentos, invoca a misericórdia. A humanidade, como sempre, procura o rosto da Divina Misericórdia. Ela se inclina sobre a nossa miséria revestindo-a de misericórdia.

A experiência de ser abraçados pela misericórdia nos transforma, nos torna capazes de revelar o rosto misericordioso do Pai. Nosso é o exercício de gerar gestos para curar as profundas feridas da humanidade. Nosso é o caminho de solidariedade que fortalece as redes de comunhão, gerando proximidade. Nosso é o desejo de imitar as mesmas atitudes da divina humanidade de Jesus.

A misericórdia do Pai desperta em nós a esperança, que é a capacidade de colher os germes de uma vida ressuscitada na cotidianidade. Ela afina o nosso olhar para ressignificar os eventos, as tendências, a cultura. É isto que se pretende alcançar com os conteúdos apresentados neste número do DNA: assumir o olhar misericordioso de Deus para ser capazes de abraçar a realidade e incidir sobre ela, transformando-a a partir da mensagem de Jesus, “Sede misericordiosos como o vosso Pai è misericordioso”, assumindo o rosto da Sua misericórdia (Lc 6, 36).

Os temas solicitam e convidam a olhar para a realidade do ponto de vista educativo da misericórdia. O nosso empenho é promover uma educação misericordiosa por meio de palavras e gestos capazes de tecer a paz, de criar uma relação harmoniosa com a Criação, de viver eticamente relações carregadas de valores evangélicos.
A partir da leitura dos textos emerge o rosto divino da misericórdia, nas suas mil nuances de perdão, proximidade,sustentabilidade das relações entre povos e nações, diálogo permanente, acolhida da diversidade, inclusão incondicional dos migrantes, cuidado da Terra; fazendo-nos co-criadores com o Pai e “suspendendo todo tipo de juízo” sobre o outro, como exorta com frequência o Papa Francisco. Nosso é o passo para continuar a construir pontes a fim de educar e educar-nos à misericórdia.

Abraçar a misericórdia é experimentar e traduzir na vida o amor que recebemos de Deus. Um Deus que acolhe a nossa humanidade ferida e é capaz de ser bálsamo que restaura, iluminando e recuperando aquilo que em nós se “perdeu”. A ação misericordiosa de Deus nos dê um novo impulso e sustente em nós uma vida digna, empenhada em promover uma formação que consolide a relação entre misericórdia-justiça-solidariedade-paz.

Somos convidados a continuar a atravessar a “porta da educação misericordiosa”, colocando-nos na escola de Jesus, no estilo salesiano da bondade, com a humildade clara de caminhar com os jovens, procurando com eles o rosto da Misericórdia, deixando-nos impregnar pelo Seu amor misericordioso.

Maria Helena Moreira
mhmoreira@cgfma.org

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.